Déficit primário do setor público recuaria a 7,7% do PIB com economia caindo 5%

Tempo de leitura: 1 minuto

Uma queda de 5% no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro neste ano, como projetado por organismos internacionais, levaria o déficit primário do setor público a 7,7% do PIB neste ano, de acordo com o Ministério da Economia.

Nesse cenário, o déficit primário do governo central passaria a R$ 515,5 bilhões, enquanto a dívida bruta do governo geral (DBGG) chega a 90,% do PIB. Com a queda de 5% no PIB, a necessidade de financiamento do setor público (NFSP) chega a 12,7% do PIB.

O Ministério da Economia também fez simulações para hipóteses de crescimento do PIB de 0% a 4%. No caso da variação zero, o déficit primário do governo central fica em R$ 467,1 bilhões, o do setor público 6,6% do PIB, a DBGG 85,4% e a NFSP a 11,4% do PIB.

Com recuo de 1%, o déficit primário do governo central fica em R$ 476,8 bilhões, o do setor público 6,8% do PIB, a DBGG 86,4% e a NFSP 11,7% do PIB. Já com queda de 2% no PIB, o déficit primário do governo central fica em R$ 486,4 bilhões, o do setor público 7,0%, a DBGG 87,5% e a NFSP a 11,9% do PIB.

Uma queda de 3% no PIB leva o déficit primário do governo central a R$ 496,1 bilhões, o do setor público a7,2% do PIB, a DBGG a 88,6% e a NFSP a 12,2% do PIB. Por fim, um recuo de 4% no PIB representará déficit primário do governo central de R$ 505,8 bilhões, o do setor público 7,5% do PIB, a DBGG 89,7% e a NFSP a 12,7% do PIB.

Relacionados

Caso George Floyd: Júri inicia deliberações sobre Derek Chauvin

O destino de Derek Chauvin, o ex-policial de Minneapolis acusado de matar George Floyd, está agora nas mãos dos jurados, que [...]

Estadão - 20/04/2021

Monitor do PIB aponta alta de 1,4% em fevereiro ante janeiro, revela FGV

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 1,4% em fevereiro ante janeiro, segundo o Monitor do PIB, apurado pelo Instituto Brasileiro [...]

Estadão - 20/04/2021

China: Xi Jinping pede 'gestão mais equitativa' de temas globais

O presidente da China, Xi Jinping, pediu nesta terça-feira (20) uma "gestão mais equitativa" dos temas globais e, em uma crítica [...]

Estadão - 20/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções