Petrobras informa ter indagado MME sobre declarações alusivas a política de preço

Tempo de leitura: 1 minuto

Sobre as declarações atribuídas ao presidente da República, Jair Bolsonaro, envolvendo o reajuste de gás e sobre possíveis mudanças na política de preço da Petrobras, a estatal informa em comunicado divulgado nesta quarta-feira, 7, que “indagou o seu acionista controlador, por meio do Ministério de Minas e Energia (MME), sobre a existência de informações relevantes que deveriam ser divulgadas ao mercado, e até o momento, não recebeu resposta”.

Em Foz do Iguaçu (PR), para cerimônia de posse do general João Francisco Ferreira como novo diretor-geral brasileiro de Itaipu Binacional, Bolsonaro defendeu maior previsibilidade na política de preços da Petrobras, além de transparência. O chefe do Executivo também pediu a participação do parlamento para aprovação do projeto do governo sobre a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis. Ele indicou que a política de preços da estatal poderia ser modificada com a aprovação do texto.

Relacionados

Rússia expulsa 10 diplomatas dos EUA de Moscou, em retaliação a sanções

A Rússia anunciou nesta sexta-feira, 16, que expulsará 10 diplomatas norte-americanos de Moscou, em retaliação à medida recíproca anunciada na quinta-feira [...]

Estadão - 16/04/2021

'Quem o patife vai culpar pela inflação?', ataca Bolsonaro, sem citar Doria

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta sexta-feira, 16, que os produtos alimentícios podem sofrer nova alta nos preços com [...]

Estadão - 16/04/2021

Bolsas da Europa fecham em alta, com dados de China e EUA no radar

Os mercados acionários da Europa tiveram ganhos nesta sexta-feira, 16, apoiados por dados positivos dos Estados Unidos e da China, lidos [...]

Estadão - 16/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções