CabeçalhoConteúdoNewsletterRodapé

Cotações por TradingView

Como montar um setup de Day Trade?

30 de julho de 2021
Escrito por Guide Investimentos
Tempo de leitura: 11 min
Compartilhar
ilustração de uma chave de fenda com uma engrenagem rosa em volta e fundo branco
Tempo de leitura: 11 min

É comum que especuladores no mercado financeiro busquem sempre alternativas para melhorar as suas operações e ter maiores chances de sucesso. Entre as ferramentas disponíveis para alcançar esse objetivo está o setup trader.

Ele é muito utilizado em operações de curtíssimo prazo, como é o caso do day trade. Considerando que a bolsa de valores oferece possibilidades bastante dinâmicas, é importante ter uma boa estratégia de operação para ter mais chances de sucesso.

O que veremos neste artigo?
O que é day trade?
O que é um setup de operações?
O que observar ao montar um setup de day trade?
Como montar um setup para trader?

Neste conteúdo, você entenderá o que é e como funciona um setup de day trade, além de saber como montar o seu. Continue lendo e saiba mais!

O que é day trade?

No day trade, as operações de compra e venda de ativos e derivativos na bolsa de valores ocorrem no mesmo dia. Por isso, elas são realizadas por especuladores que visam obter lucros com as oscilações de preço dentro de alguns minutos ou horas.

Nesse sentido, é importante ressaltar que a especulação é diferente do investimento. Na bolsa de valores, os investidores têm objetivos de longo prazo e, por esse motivo, não focam na oscilação dos preços.

Na verdade, eles tendem a buscar a valorização dos ativos ou o recebimento de proventos ao longo do tempo. Assim, as decisões costumam considerar fundamentos relacionados aos ativos e o seu potencial para o futuro.

Por outro lado, o trader tem maior foco no preço dos ativos e derivativos, visando lucros até mesmo com a queda da bolsa. Como ele busca aproveitar a volatilidade do mercado e as variações nos preços, pode realizar tanto operações de compra como de venda.

Isso faz com que ele tenha uma atuação mais dinâmica do que o investidor. Embora o conceito de especulação seja simples, é importante saber como ter sucesso com a estratégia. Portanto, vale ter atenção tanto à teoria quanto à prática.

Por exemplo, no mercado de capitais, nem sempre o movimento acontece da forma como o trader espera. Logo, é preciso considerar que os riscos da especulação são mais altos, trazendo chances de prejuízos caso não tenha um manejo de risco adequado.

Assim, além de entender as características do day trade, é fundamental saber como montar operações vantajosas e que ajudem a reduzir os riscos.

O que é um setup de operações?

Como você viu, o especulador precisa manejar riscos e ter uma estratégia de operação. Nesse sentido, o setup corresponde ao conjunto de critérios definido pelo trader para orientar a compra ou venda de ativos e derivativos na bolsa de valores.

Assim, o setup trader une diversas regras capazes de indicar o melhor momento para realizar operações, ajudando a tomar decisões mais acertadas. A ideia, então, é tentar encontrar os pontos de entrada e saída mais adequados ou, até mesmo, identificar quando é melhor não agir.

Ademais, é fundamental que o trader conheça bem o funcionamento da ferramenta e tenha em mente os objetivos a serem atingidos. Afinal, ao configurar as regras sobre entradas e saídas de posições, é preciso que elas ajudem a conquistar as metas definidas.

Isso inclui, por exemplo, definir os stops, caso seja necessário. Em todos os casos, a configuração do setup costuma ser feita a partir de parâmetros marcados nos gráficos. Quando eles são alcançados, as operações são executadas conforme os critérios estabelecidos.

Como cada trader trabalha com suas próprias definições, o setup é uma ferramenta bastante pessoal. Ele funciona como a assinatura do especulador, ou seja, a forma particular como ele opera na bolsa de valores.

Além disso, embora dois traders possam ter setups bastante diferentes, em geral, eles consideram os mesmos parâmetros para operar. Entre eles estão os gatilhos de entrada e de saída e o gerenciamento de riscos, usando diferentes indicadores — como você verá adiante.

O que observar ao montar um setup de day trade?

Depois de entender mais sobre o que é day trade e o setup de operações, é importante saber o que observar ao montar a estratégia. Existem diversos fatores que devem ser observados para aumentar as chances de sucesso nas operações.

A seguir, confira os principais aspectos que ajudam a elaborar o setup de trader para suas operações de day trade!

Ter uma estratégia bem definida

Antes de montar um setup e começar a operar, é preciso saber qual será a sua estratégia de especulação. Essa definição envolve escolher os indicadores que você acompanhará na análise técnica, por exemplo.

Além de saber analisar os preços, é importante estudar sobre o ativo ou derivativo que você deseja operar. Esses pontos ajudam a encontrar oportunidades com maiores chances de acerto, de acordo com a expectativa de movimento que o mercado fará.

Definir metas de ganho e de perda

Definir quanto você deseja ganhar por mês, semana ou dia é fundamental para saber quando parar de operar. Sem isso, você corre o risco de manter as operações mesmo quando a mente já está cansada, por exemplo, e acumular mais perdas financeiras.

Com a definição de metas de ganhos, fica mais fácil encerrar as operações quando a meta diária for atingida. Isso garante maior controle estratégico e emocional — características essenciais para um trader.

Fazendo isso, as operações poderão recomeçar no dia seguinte, com a mente descansada. O objetivo, então, é aumentar sua margem de acertos. Da mesma forma, é importante saber que perdas podem acontecer ao longo das operações.

Afinal, imprevistos no mercado podem ocorrer a qualquer momento. É o caso de quando gestores de grandes fundos de investimento enviam ordens de compra, que impactam os volumes de negociações. Nesse caso, o comportamento dos ativos pode ser diferente do previsto.

Ademais, existem os riscos de cometer erros. Portanto, você não deve focar em nunca ter prejuízo, mas sim em minimizar os riscos para elevar o potencial de ganho. Nesse sentido, é interessante definir um limite de quanto você pode perder em um dia.

Sem esse cuidado, é possível que você decida continuar operando até recuperar o dinheiro perdido. Contudo, essa atitude é dominada pela emoção, o que pode gerar perdas ainda maiores. Então, definir quando parar de operar em um dia pode otimizar as suas estratégias e ajudar a prevenir prejuízos.

Usar as ferramentas adequadas

É importante saber que as plataformas de day trade oferecem diversas ferramentas que ajudam o trader a operar com mais precisão. Entre elas, estão os instrumentos que colaboram para a gestão de risco, como é o caso do stop loss.

Essa ferramenta ajuda a parar as perdas relacionadas às operações. Quando você inicia uma posição, é importante ter um stop loss configurado para que a operação finalize se o prejuízo ultrapassar o limite determinado.

Da mesma forma, é possível configurar o stop gain na operação. Essa ferramenta ajuda a realizar o lucro quando ele atinge determinado patamar. Afinal, esperar demais para fechar a posição pode prejudicar seus ganhos diante de novas movimentações no preço.

Conhecer a análise técnica

Também chamada de análise gráfica, a análise técnica baseia-se na observação de elementos importantes do mercado financeiro. Nesse processo, o objetivo é ter base para tomar decisões de curto prazo na bolsa de valores.

Por isso, a estratégia é muito utilizada pelos especuladores. A análise dos gráficos permite identificar os melhores momentos para comprar ou vender um ativo ou derivativo, reduzindo as chances de perda e aumentando a possibilidade de sucesso.

Para tanto, o trader utiliza um conjunto de indicadores e observa as oscilações de preço em um gráfico. Com essa análise, ele pode determinar qual é o cenário com maior probabilidade de ocorrer no futuro próximo, como queda ou subida nos preços.

Dessa maneira, a análise técnica permite identificar padrões e ajuda a tomar decisões de acordo com a probabilidade de o preço cair ou subir em alguns minutos ou horas. Porém, cabe ressaltar que não é possível prever com exatidão o que acontecerá na bolsa de valores.

Ou seja, a análise  ajuda a identificar qual é o movimento com maior probabilidade de se concretizar e trazer os resultados esperados. Mas existem chances de erro. Os indicadores são, portanto, uma base importante para montar um setup de day trade.

Como montar um setup para trader?

Diante das informações apresentadas, você pode estar interessado em montar seu setup para começar a operar no day trade. Então confira o passo a passo para ajudar nessa tarefa:

Defina os indicadores a serem usados na análise técnica

Como você viu, os indicadores da análise técnica são fundamentais para compor o setup trader. Entre os principais, estão:

Suporte e resistência

Como o mercado costuma apresentar tendências, o especulador deve conseguir identificar o momento de troca de direção. Por exemplo, o ponto em que um movimento de baixa deixa de ocorrer e dá início a uma recuperação.

O suporte representa o momento em que existem mais investidores ou especuladores interessados na compra do ativo ou derivativo. Com isso, a tendência é que o preço comece a subir, impulsionado pelo aumento da procura.

Já a resistência reflete o padrão contrário. Nesse ponto, o ativo ou derivativo está com preço mais alto e não há tantas pessoas interessadas na compra. Dessa forma, o esperado é que o movimento de alta se transforme em queda.

Bandas de Bollinger

As bandas de Bollinger mostram um limite para as oscilações de determinado ativo ou derivativo. Em geral, cada um deles varia dentro de uma espécie de faixa de preços média.

Assim, as bandas indicam o preço mínimo e máximo que normalmente ele pode chegar. Essas informações ajudam o especulador a decidir o momento de entrar ou sair de uma operação.

Volume financeiro

Esse indicador vai além do preço e mostra a quantidade de dinheiro que está em negociação. Com isso, o trader pode ver se existe pouco ou muito interesse por parte dos investidores e especuladores em um ativo ou derivativo.

Portanto, o volume financeiro é um indicador interessante para complementar o estudo de tendência de preços. Se a demanda financeira é maior, a tendência tem mais força e pode elevar as oportunidades de operação.

Utilize simuladores

Simuladores de day trade são ferramentas que simulam o ambiente de negociação da bolsa de valores. Eles têm como objetivo permitir que os especuladores pratiquem esse tipo de operação, sem precisar utilizar dinheiro real.

Como você viu, comprar ou vender um ativo ou derivativo no momento errado pode limitar os ganhos ou gerar prejuízos. Especialmente para quem é iniciante, abrir posições sem ter uma estratégia bem definida ou deixar de observar as tendências do mercado pode ser um grande erro.

Dessa forma, usar um simulador pode ser interessante para se familiarizar com o funcionamento do mercado. Ainda, ele ajuda a entender as ferramentas operacionais com as quais você deve lidar ao operar na bolsa.

O ambiente de simulação também permite utilizar diferentes estratégias e setups, com o objetivo de realizar testes antes de usá-los de verdade. Outro ponto importante é o fato de que o simulador pode ajudar no controle emocional.

Com a simulação, você pode testar suas emoções e entender como lidar com a volatilidade da bolsa. Afinal, diante de tantos movimentos, é imprescindível ter controle emocional para seguir sua estratégia e tomar decisões mais acertadas.

Faça um bom manejo de risco

O manejo de risco é uma estratégia que visa minimizar a exposição aos perigos do mercado. Embora todo investimento envolva riscos, eles são ainda maiores no curto prazo. Lembre-se de que o mercado é volátil e os preços seguem as tendências resultantes da lei da oferta e demanda.

Além disso, imprevistos podem ocorrer e impactar suas operações. Então, como você viu, o trader deve estar consciente que a possibilidade de perder dinheiro faz parte da rotina. Ao mesmo tempo, é preciso saber que tentar zerar esse risco pode atrapalhar suas operações.

Isso pode fazer com que você perca oportunidades ou tenha prejuízos financeiros maiores na busca por meios de não ter perdas na bolsa. Ou seja, o caminho ideal é sempre considerar os riscos envolvidos para embasar as suas decisões ao operar na renda variável.

Portanto, tenha um bom manejo de riscos e busque reduzi-los apenas quando possível, por meio de uma estratégia eficiente de gestão. Com um bom gerenciamento de risco, será mais fácil manter seu setup mais alinhado às suas preferências, respeitando seus objetivos e seu planejamento.

Agora você sabe que, antes de especular na bolsa de valores, é importante ter uma estratégia de operação. Para isso, monte um setup trader que funcione para você e realize testes antes de colocá-lo em prática. Assim, é possível aumentar as suas chances de sucesso nessa caminhada.

Gostou do conteúdo? Então complemente a leitura e entenda a diferença entre day trade e swing trade e como funciona cada tipo estratégia!

Guiar as pessoas para que o dinheiro não limite a vida. Este é o nosso propósito e o que acreditamos. Queremos eliminar as barreiras e limitações que impedem as pessoas de viverem sem ter que ficar só preocupadas com dinheiro. Aqui, no portal O Guia Financeiro, te auxiliamos e ensinamos diversas formas de alcançar a sua independência e sempre te lembramos de contar com os nossos Assessores-Guias com o objetivo de alcançar seus sonhos e objetivos.

Veja também