CabeçalhoConteúdoNewsletterRodapé

Cotações por TradingView

Resiliência profissional: veja como desenvolver essa habilidade

13 de janeiro de 2022
Tempo de leitura: 3 min
Compartilhar
imagem ilustrativa
Tempo de leitura: 3 min

Ter resiliência profissional é uma competência que cada vez tem se tornado valorizada aos olhos do mercado de trabalho. Mesmo assim, apesar de ser uma palavra comum no âmbito profissional, a maioria das pessoas ainda não sabem ao certo o que esse termo significa.

Vamos falar sobre isso no artigo de hoje, vem comigo.

Entendendo o significado de resiliência

No original, o termo resiliência vem do ramo da física, em sua origem, ele se refere a capacidade que um material tem de conseguir voltar para seu estado físico normal após ter passado por alguma mudança elástica.

O que é ser resiliente no âmbito profissional?

Trazendo então o significado desse termo para a área profissional, ser resiliente significa conseguir voltar ao normal (mentalmente falando), mesmo após sofrer todos os transtornos, tensões e desafios do dia a dia de trabalho. É a capacidade de se manter firme e consistente em meio a todas as adversidades e pressões que encontramos ao longo de nossa carreira.

A importância de desenvolver essa capacidade

Reforçando o que foi falado anteriormente, um indivíduo que desenvolve resiliência, consegue se manter focado no cumprimento de suas metas no trabalho mesmo com as pressões do dia a dia, sejam elas devido a uma mudança no cargo, ou perda de um cliente importante ou mesmo o risco de perder o emprego caso não obtenha uma certificação nova exigida pela instituição financeira que trabalha, nesse último por exemplo, você pode conseguir sua certificação com a ajuda da T2 Educação.

Aprendendo a desenvolver a resiliência profissional

Desenvolver resiliência profissional não é algo que possa ser feito da noite para o dia. Mesmo assim, ao se desenvolver uma rotina criativa você poderá aumentar essa capacidade aos poucos até que de fato poderá ser considerado pelo mercado um profissional resiliente. Veja abaixo algumas dicas.

Acredite em você

Já falei aqui sobre o desenvolvimento de autoconfiança. Para tudo que queremos conquistar em nossas vidas, seja na área profissional ou pessoal, se você não acreditar que pode conquistar, seu percurso até alcançar seu objetivo pode ser muito mais denso. Sempre parto do ponto de que ninguém irá se preocupar com você e pensar no seu bem do que você mesmo. Por isso, dê crédito a si mesmo, tenho certeza de que isso te fará muito bem a longo prazo.

Aprenda a ter empatia

Ter empatia está relacionado a saber se colocar no lugar do outro, isso é muito importante principalmente nos dias de hoje onde o mercado valoriza muito quem sabe trabalhar em equipe. Caso você tenha um cargo de liderança em sua empresa, comece a praticar empatia com seu time, o resultado que sua equipe entrega pode aumentar e muito pelo simples fato de eles terem um líder mais aberto a entender o ser humano por trás de cada profissional.

Construa boas relações

Desenvolver essa prática faz muita diferença no dia a dia. As boas relações no ambiente de trabalho podem te ajudar a contribuir em diversos projetos importantes para a empresa, além de te proporcionar ajuda quando não estiver em um bom momento criativo.

Tem um bom relacionamento no trabalho fará bem para você, para seus pares e principalmente para a empresa em que trabalha.

Nunca pare de desenvolver novas habilidades

Esse aqui é o ponto chave na busca do desenvolvimento da resiliência. Ao buscar aprender mais e a todo momento, você por consequência aprende a raciocinar mais rápido, irá aprender também a tomar decisões assertivas de forma mais rápida e eficaz.

Quem nunca se deparou com pessoas que são extremamente talentosas em tomar boas decisões que fazem crescer seus resultados no ambiente de trabalho, a chave para isso é ser um profissional aberto a se adaptar ao novo, a saber analisar o que pode estar dando errado e tentar buscar soluções para melhorar o resultado do que está sendo feito. Seja essa pessoa, dessa forma seu sucesso com certeza estará logo ali.

Chegamos ao final desse artigo, não deixe de nos seguir em nossas redes sociais, te vejo no próximo artigo, até mais!!!

Graduado em Matemática e pós graduado em negócios bancários pela FAAP. Além de ser certificado Anbima CPA-10, CPA-20, CEA e AAI, também é Consultor de Valores Mobiliários credenciado na CVM. Desde 2016, está dedicado exclusivamente a formar profissionais para as certificações e para o mercado financeiro.

Veja também