Reguladores da China intervêm em nove instituições financeiras

Tempo de leitura: 1 minuto

Reguladores da China informaram que interviriam em nove instituições financeiras, entre elas seguradoras, com a intenção de proteger os interesses de investidores e evitar riscos sistêmicos. A Comissão Bancária e de Seguros da China afirmou nesta sexta-feira que assumiria o controle, entre elas, de quatro seguradoras – Huaxia Life Insurance, Tianan Life Insurance, Tian An Property Insurance e Yian Property Insurance, e de duas companhias fiduciárias – New China Trust e New Times Trust.

A mudança do comando entra em vigor nesta sexta-feira e durará ao menos um ano. Seis grandes seguradoras e instituições financeiras do próprio país devem assumir a custódia dos negócios, informou o regulador em seu site.

Também nesta sexta-feira, o regulador disse que assumirá o controle da New Times Securities, da Guosheng Securities e da Guosheng Futures, também por um ano, segundo a agência estatal Xinhua.

As intervenções desta sexta-feira foram a primeira grande ação regulatória de Pequim neste ano, após autoridades assumirem o controle e ajudarem com empréstimos vários bancos regionais em 2019.

Relacionados

Biden sinaliza abordagem mais ampla para pacote de infraestrutura

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta segunda-feira, 12, que está disponível para "negociar" seu pacote de investimentos e [...]

Estadão - 12/04/2021

EUA e Itália discutem Ucrânia e investimento verde para a criação de empregos

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Anthony Blinken, e o ministro das Relações Exteriores da Itália, Luigi di Maio, discutiram [...]

Estadão - 12/04/2021

BB: diretor comercial de Varejo renuncia ao cargo

O Banco do Brasil comunicou nesta segunda-feira, 12, a renúncia de Julio Cesar Rodrigues da Silva ao cargo de diretor comercial [...]

Estadão - 12/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções