Barroso estreia conta no Twitter: ‘não discuto varejo político’

Tempo de leitura: 1 minuto

Recém-eleito presidente no Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luís Roberto Barroso, integrante do Superior Tribunal Federal (STF), inaugurou sua conta no Twitter dizendo que espera não ter que decidir pelo adiamento das eleições municipais deste ano por conta da pandemia da covid-19.

“Fui eleito hoje pela manhã presidente do Tribunal Superior Eleitoral, com o encargo de conduzir as próximas eleições. Agradeço a confiança dos meus colegas. Vamos trabalhar pelo voto consciente, bem como por eleições livres e seguras. Espero não ser necessário adiá-las”, tuitou o magistrado, que disse ter feito a conta na rede social “para poder me comunicar com a sociedade e, na medida do possível, participar do debate público”. Apesar da intenção de estar ativo na arena pública, Barroso avisou: “não discuto varejo político”.

Segundo o ministro, o combate à covid-19 demanda “um choque de iluminismo” para que sejam dirimidas as crises sanitária, econômica e humanitária provocadas pela doença – “razão, ciência e humanismo em favor da vida, da saúde, do emprego e da sobrevivência das pessoas”, escreveu.

O magistrado também disse que vai trabalhar pelo aprimoramento das instituições e defendeu que na situação em que o País se encontra “liderança e coordenação também fazem toda diferença”.

Relacionados

Maioria do STF vota para enviar ações de Lula para a Justiça Federal do DF

A maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) votou nesta quinta-feira, 22, a favor de enviar à Justiça Federal do Distrito Federal [...]

Estadão - 22/04/2021

Movimento Vem Pra Rua lamenta postura do STF sobre investigações da Lava Jato

O Movimento Vem Pra Rua emitiu uma nota lamentando a postura do Supremo Tribunal Federal (STF) em "colocar em risco tudo [...]

Estadão - 22/04/2021

Aras defende arquivamento de notícia-crime de Ciro contra Bolsonaro e Mendonça

Em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador-geral da República, Augusto Aras, defendeu o arquivamento da notícia-crime apresentada pelo [...]

Estadão - 22/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções