Cotações por TradingView

Day trade, swing trade e buy and hold: qual é a melhor estratégia para você começar a investir na bolsa de valores?

Tempo de leitura: 5 minutos

Antes mesmo da chegada do novo coronavírus, os brasileiros pareciam já estar diante de um novo normal. Isto porque desde 2016, o cenário econômico no Brasil vem passando por mudanças importantes. Se antes a taxa de juros de 14,25% ao ano era frequente, hoje, a Selic está cotada a 2% ao ano. Desta maneira, o foco atual de muitos investidores está em aumentar sua exposição ao risco para tentar garantir a lucratividade das aplicações financeiras. Dito isso, a busca pela estratégia ideal tem sido constante e intensa.

Para auxiliar você a decidir como e onde investir melhor o seu dinheiro na renda variável, continue a leitura e entenda como o day trade, swing trade e buy and hold podem contribuir para o seu desempenho e melhor retorno de seus investimentos.

Regras para o day trade

Ao optar pelo day trade, tenha em mente que se trata de uma operação de curto prazo, em que o investidor deve iniciar e encerrar suas posições no mesmo dia. Neste caso, é recomendável o uso da análise técnica para tentar identificar a variação de preço dos ativos e, com isso, capturar os movimentos de mercado.

Em caso de lucro, é necessário recolher o imposto de renda por meio de DARF – Documento de Arrecadação de Receitas Federais e pagá-lo até o último dia útil do mês subsequente à movimentação. Diferente de outros tipos de operações em renda variável, no day trade não há nenhum benefício fiscal para o investidor. Independente do volume negociado, ele sempre será  tributado em 20% sobre o rendimento. Por isso, é  importante ficar atento às taxas de negociação para evitar que os custos comprometam a lucratividade da operação.

Day trade para iniciantes: será a hora de começar?

Embora o day trade seja uma operação bastante conhecida no mercado financeiro, nem sempre é a mais indicada aos iniciantes na bolsa de valores. Em geral, o sucesso desse tipo de estratégia está diretamente relacionado ao nível de conhecimento e experiência que o investidor possui para fomentar e executar suas operações. Por isso, é muito comum que investidores menos experientes não consigam êxito em suas primeiras operações. Dito isso, questione-se sempre que encontrar ofertas tentadoras do tipo “como ficar rico com day trade” ou mesmo “day trade dá dinheiro”.  O ideal é buscar por uma formação consistente e avançar posições e volume operando gradualmente.

Principais características do swing trade

Diferente do day trade, no swing trade as posições não são encerradas obrigatoriamente no mesmo dia. Na realidade, trata-se de uma estratégia mais flexível e permite que o investidor aguarde o momento oportuno para encerrar suas posições, podendo levar dias, semanas ou até meses. Neste caso, é recomendável o uso também da análise fundamentalista, que por ser mais detalhada, permite que o investidor avalie o potencial de retorno de uma determinada empresa no médio a longo prazo. Ainda que considerada menos arrojada que o day trade, não podemos desconsiderar os riscos do swing trade, o que inclui gap de abertura de mercado a que está sujeita.

Buy and Hold: uma estratégia para perfis conservadores investirem na renda variável

Considerada por muitos a estratégia mais conservadora no mercado de renda variável, o buy and hold consiste em comprar ações de empresas com sólidos fundamentos destinadas ao longo prazo. Neste caso, o investidor tende a ganhar tanto na valorização do ativo quanto na possibilidade de receber bons dividendos ao longo do tempo. Além disso, os custos neste tipo de operação costumam ser baixos, uma vez que a quantidade de movimentações é menor. Mas atenção, embora seja uma estratégia destinada ao longo prazo, é importante fazer um acompanhamento constante das empresas selecionadas e, quando necessário, fazer ajustes nas posições.

Como escolher ações para investir na renda variável?

Tão importante quanto decidir ingressar no mercado de renda variável é saber fazer uma boa seleção das ações que farão a composição de sua carteira de investimentos. Pesquisar sobre as empresas com maior riqueza de detalhes e estudar o contexto em que estão inseridas é um passo importante. Por isso, ter a mão análises e relatórios produzidos por profissionais capacitados e que estão em constante acompanhamento do mercado é fundamental. Prepare-se para ter sempre uma carteira diversificada de modo que isso aumentará seu potencial de retorno, assim como reduzirá seus riscos.

Melhores corretoras de investimento: você já escolheu a sua?

Ao tomar a decisão de ingressar no mercado de renda variável, é fundamental que o investidor também procure pelo melhor local para realizar suas operações. O acesso às corretoras de investimentos tornou-se cada vez mais facilitado nos últimos anos. Se antes existia um tabu, principalmente em relação à segurança que estas instituições ofereciam aos seus clientes, hoje isso já não é mais um problema. Sendo assim, fica a cargo do investidor escolher a plataforma que oferecerá melhores condições de negociação, taxas mais atrativas, melhor acessibilidade, além de profissionais capacitados para prestar todo o auxílio necessário.

Já pensou em misturar as estratégias de investimento?

Diante de tantas oportunidades que o mercado oferece, é natural que muitos investidores sintam-se confusos e indecisos na escolha de qual estratégia seguir. O que nem todos sabem é que, na verdade, não existe uma estratégia ideal, mas sim opções de investimentos que nos levam aos nossos sonhos e objetivos. Portanto, saber identificar corretamente o seu perfil de risco e horizonte de investimento é tão importante quanto escolher o tipo de operação. Afinal, com objetivos claros e métricas preestabelecidas nada impede de mesclar as modalidades de investimentos e, assim, conquistar um retorno ainda melhor.

Conclusão

É certo que o mercado de renda variável oferece aos investidores possibilidades de retornos mais atrativos, em especial no atual cenário de juros baixos que vivenciamos. Contudo, não podemos desconsiderar que este tipo de modalidade de investimento também exige um maior comprometimento e dedicação por parte dos investidores. Portanto, para aumentar o nível de assertividade de suas operações você deve estudar constantemente.

Aproveite o simulador disponibilizado pela plataforma de investimentos escolhida e aperfeiçoe suas técnicas, sem ter que se expor a riscos financeiros desnecessariamente. Lembre-se de ficar atento às taxas e custos de negociação para evitar que elas comprometam o retorno de seus investimentos. Respeite sempre seu perfil de risco, assim como os seus objetivos financeiros. Com isso, você certamente conseguirá ter sucesso em suas operações, independente de qual das estratégias escolher.

Relacionados

Como montar uma carteira de dividendos? 10 Boas práticas que podem ajudar!

Investir com objetivos bem definidos é um passo importante para o sucesso. Por exemplo, uma meta pode ser o recebimento de [...]

Guide Investimentos - 24/01/2022

Você sabe realmente para que serve a bolsa?

Se alguém perguntar o que vem à sua cabeça quando o assunto é investimento, provavelmente uma das primeiras coisas que você [...]

B3 - A Bolsa do Brasil - 18/01/2022

Aluguel de ações: o que é e como funciona?

Você sabia que é possível ter uma boa rentabilidade quando se negocia ações em um mercado em queda? Para fazer isso, [...]

Syntax Finance - 05/01/2022
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções