+0,00% R$0,00
+0,00% R$0,00
Carregando...

Presentes de natal e suas finanças em 2020: já pensou nisso?

A crise financeira que atingiu o país em 2014 nos ensinou muito. O cenário de demissões avançou desde lá.  Dados do IBGE informam que a taxa de desemprego em 2014 era de 6,8%, enquanto em 2019 a taxa de desocupação alcançou em outubro o patamar de 11,8%.

Os dados no Brasil ainda são desanimadores. Contudo, muitas lições vêm sendo aprendidas e uma delas tem sido educar financeiramente a população. Embora seja imprudente considerar que a cultura do consumo esteja controlada, todos estão mais atentos.  E isso não pode mudar.

O Natal chegou e com ele a época onde todos gastam mais do que o normal e muitas vezes acabam se endividando.  Esse artigo tem um objetivo apenas: mostrar 3 caminhos para você deixar seus familiares e amigos felizes sem comprometer o seu orçamento de 2020.

Vamos a eles:

1.   Repense sobre o ato de comprar na hora de presentear

Presentear é um ato de amor, mas não é necessário gastar rios de dinheiro para comprar um presente de Natal. Quando vamos presentear a quem gostamos, muitas vezes deixamos a emoção prevalecer na hora da escolha do presente e involuntariamente acabamos nos excedendo nos gastos.

Mas, vamos lá. Deixando de lado o preço e focando na criação de valor, o que aquela pessoa realmente gosta?  Se a pessoa gosta de ler e você tem um livro em boas condições, pode ser interessante presenteá-la dessa forma. Faça você mesmo um pacote caprichado e acompanhe com um cartão com palavras positivas. Lembre-se que a pessoa gosta de ler e ser lembrada por pessoas queridas.

2.   Presentes de natal criativos: uma boa estratégia

Um dos principais fundamentos das finanças pessoais é ter receitas e despesas controladas. Logo, não se deixe levar. Uma boa estratégia pode ser comprar ao longo do ano alguns presentes para dar no Natal. Essa estratégia pode render bons descontos.

Você pode estar diminuindo o preço, mas aumentando e muito o valor, pois pensou delicadamente na pessoa ao presentear. E bons presentes de Natal se definem em entender a história da pessoa presenteada.

3.   Evite comprar presentes de Natal com pagamento em parcelas

Muitas lojas seduzem com essa frase: “parcele o presente de Natal em 10 vezes sem juros no cartão de crédito”. Cuidado!  Geralmente, compras à vista têm desconto maior. Ainda, comprar presentes de Natal e pagar em parcelas diminui o seu poder de barganha ao longo do próximo ano, pois compromete parte da sua renda. Quando for comprar, tenha muito claro o seu orçamento para presentes de Natal e não se afaste disso.

O Natal é um momento doce do ano. E essa é a essência dessa data: pensar e agir com carinho com aqueles que amamos, e para isso não é necessário se endividar comprando presentes acima do orçamento planejado.

Divirta-se com sua família!

Desejamos um Feliz Natal a todos!

Bitnami