PMI Industrial: você sabe o que é e como funciona este indicador?

Tempo de leitura: 5 minutos

O PMI Industrial é um indicador financeiro muito importante. Ele serve para acompanhar e avaliar atividades econômicas, demonstrando suas variações. Assim, saber como ele funciona é fundamental.

O que veremos neste artigo?
O que é o PMI?
Para que ele serve?
Como é calculado?
Quais são as vantagens de conhecer o PMI?

Apesar de estar ligado à área industrial, não são só as empresas que se beneficiam do acompanhamento. Investidores também podem utilizá-lo para fazer análises e avaliar tendências e perspectivas.

Para conhecer melhor o PMI Industrial, neste texto você aprenderá o que ele é e para que serve. Ainda, conhecerá como o índice é divulgado e as vantagens de acompanhá-lo.

Continue a leitura e se informe!

O que é o PMI?

PMI significa Purchasing Manager’s Index. Ele pode ser traduzido para algo como Índice de Gerentes de Compras. Como você viu, trata-se de um indicador financeiro que avalia diversos setores da economia, mostrando seu desenvolvimento.

Os dados do PMI são coletados e calculados por empresas privadas de diversos países. As principais regiões são a Zona do Euro, o Brasil, os Estados Unidos e a China. Ele é baseado em 5 indicadores, que são coletados com entrevistas nos empreendimentos.

Eles são: novos pedidos, nível de estoques, produção, entrega de fornecedores e ambientes de trabalho. O PMI é divulgado pela empresa que faz a coleta de dados em cada país ou zona. Geralmente de forma mensal, ele demonstra as variações em relação às informações coletadas.

No Brasil o indicador é calculado pela IHS Markit mensalmente, com dados obtidos por questionários em cerca de 400 empresas ligadas à área da indústria. Nos Estados Unidos, é compilado e coletado pelo ISM (Institute for Supply Management) também de forma mensal.

Lá, o questionário é feito com executivos de alto escalão em mais de 400 empresas. Elas são divididas em 19 setores de acordo com a parcela que representam do Produto Interno Bruto norte-americano.

Já na China quem compila os dados é a CFLP (Federação Chinesa de Logística e Compras). Além dela, o CLIC (Centro de Informação de Logísticas da China) também acompanha o trabalho. No entanto, a coleta é feita pelo NBS (Serviço Estatístico Nacional da China).

Nesse país os dados são mais abrangentes. São utilizadas informações de cerca de 700 indústrias de diversos setores.

Para que ele serve?

A principal finalidade do PMI Industrial é examinar os dados sobre as condições dos negócios nos setores envolvidos. Assim, as pesquisas são feitas com os gerentes de compras das empresas selecionadas.

Eles são escolhidos porque conseguem acompanhar as mudanças do setor com mais rapidez. Outros colaboradores precisam esperar a fase de produção e comercialização para notar alterações.

Já os gerentes de compras estão na linha de frente em relação a condições e negociações de insumos e manufatura. Dessa maneira, conseguem ter expectativas mais embasadas a respeito da área em que atuam.

Então, o PMI serve como um termômetro que representa o que esses executivos esperam do mercado no futuro com dados reais. Como você entenderá adiante, PMIs mais altos são indicativos de que a economia está aquecendo.

Por outro lado, quando estão mais baixos, significa que os principais gerentes dos setores estão prevendo quedas de produção. Dessa maneira, o PMI pode ter a finalidade de embasar a tomada de decisão, tanto de empresários como de investidores.

Essa finalidade fica mais fácil de visualizar com um exemplo. Imagine que você é um empresário que atua no ramo de fabricação de produtos de tecnologia. Suas decisões de aumento ou diminuição de produção são baseadas nas expectativas de vendas dos próximos meses, correto?

Se o PMI do seu setor estiver em crescimento, é possível utilizar essa informação para aumentar a produção. Afinal, você sabe que a economia está aquecida e que, provavelmente, chegarão mais pedidos.

Como é calculado?

O PMI tem um cálculo formado pela média ponderada dos dados colhidos com os questionários. Como você viu, as informações são enviadas a executivos selecionados de diferentes setores. Eles são escolhidos de forma a representar as áreas de atuação.

O indicador varia entre 0 e 100, e sua leitura pode ser interpretada da seguinte forma:

  • PMI superior a 50: indica um aumento em relação às expectativas do período anterior;
  • PMI igual a 50: indica que as expectativas se mantêm inalteradas em relação ao período anterior;
  • PMI inferior a 50: indica uma diminuição em relação às expectativas do período anterior.

É fundamental que o investidor conheça esse indicador, principalmente para identificar oportunidades de aporte em empresas e setores. Como ele pode ser visualizado por setores, é possível utilizá-lo para avaliar tendências.

Quais são as vantagens de conhecer o PMI?

É possível perceber que o PMI é um indicador relevante mundialmente. Para o investidor, ele pode ser utilizado para basear aportes ou fazer projeções de longo prazo.

Ele analisa a economia de uma maneira bem ampla, fazendo pesquisas com as maiores indústrias do país. Logo, saber como interpretá-lo e se aproveitar desse indicador pode trazer boas oportunidades de rentabilidade.

Para isso, é preciso criar uma rotina e acompanhá-lo mensalmente. Como ele trata de dados históricos e expectativas, é válido interpretar suas variações mês a mês. Para isso, basta acessar o site da ISM e escolher o relatório PMI.

Apesar de ser divulgado em inglês, ele conta com gráficos e tabelas para facilitar a interpretação. Lá você pode verificar o indicador de acordo com a área escolhida. Alguns exemplos são: novos pedidos, empregos, preços, estoques, produção etc.

Mensalmente o relatório mostrará o PMI atual e sua evolução nos últimos anos. Verificando quais setores estão em alta, é possível realizar aportes e operações de acordo com os seus objetivos financeiros.

O PMI também pode agregar à estratégia de quem pretende investir no exterior. Como você viu, ele traz avaliações do mercado internacional.

Conseguiu entender como funciona o PMI Industrial e as vantagens de conhecê-lo? Ao investir, é muito importante conhecer as tendências da economia e as expectativas de mercado. Dessa maneira, é possível encontrar oportunidades!

Gostou deste conteúdo? Então você não pode perder o nosso artigo sobre como montar uma carteira de investimentos para atingir os seus objetivos financeiros!

Relacionados

Mercado de balcão: o que é e como funciona?

Quem busca negociar ativos financeiros depara-se com um ambiente de comercialização em que as partes seguem regulamentações previamente estabelecidas, sejam eles [...]

Syntax Finance - 20/04/2021

5 dúvidas na hora de declarar seus investimentos em ações na B3

Não importa se você é um investidor veterano ou se é uma das 1.4 milhão de pessoas que chegaram à B3 [...]

B3 - A Bolsa do Brasil - 20/04/2021

O que é imposto sobre operações financeiras? Descubra!

São tantos impostos que incidem sobre operações e investimentos que, muitas vezes, se torna difícil entendê-los, não é mesmo? Um desses [...]

Guide Investimentos - 19/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções