Taxas futuras de juros rondam estabilidade, com exterior e política no radar

Tempo de leitura: 1 minuto

Os juros futuros rondam a estabilidade na manhã desta segunda-feira, 14, com viés de baixa nos curtos e médios, acompanhando o otimismo no exterior e o dólar em baixa ante o real. Os longos têm viés de baixa. Como contraponto ao bom humor está a notícia do caso Abin, envolvendo o senador Flávio Bolsonaro. Além disso, existe a disputa política em torno das vacinas contra covid-a9, também no radar. A alta de 0,86% do IBC-Br em outubro, na margem, ficou em segundo plano.

Às 9h26 desta segunda-feira, o DI para janeiro de 2027 marcava 6,73%, de 6,72% no ajuste anterior. O vencimento para janeiro de 2023 exibia taxa de 4,32%, de 4,33%, enquanto o DI para janeiro de 2022 estava na máxima de 3,02%, a mesma do ajuste de ajuste de sexta-feira, dia 11.

Relacionados

Bolsonaro: economia formal se recupera enquanto informalidade está uma catástrofe

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta terça-feira, 20, que a economia formal mostra sinais de recuperação enquanto a atividade [...]

Estadão - 20/04/2021

Foco da conversa é redução de desmatamento e não dinheiro, dizem EUA

O pedido de verba para financiar a proteção ambiental no Brasil tem sido colocado na mesa pelo governo Bolsonaro nas conversas [...]

Estadão - 20/04/2021

Biden diz que condenação de Chauvin pode ser passo para Justiça nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta terça-feira, 20, que a condenação do ex-policial Derek Chauvin pela morte de [...]

Estadão - 20/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções