Taxas de juros têm viés de baixa e pouca liquidez com exterior no radar

Tempo de leitura: 1 minuto

Os juros futuros exibem viés de baixa desde abertura e continuam nessa direção mesmo com a virada do dólar, que passou a subir ante o real. A liquidez é fraca e traders esperam que seja uma sessão de oscilações mais modestas, na ausência de noticias locais de peso e com os investidores em compasso de espera pelo pacote fiscal nos Estados Unidos. Às 9h30 desta terça-feira, 20, o DI para janeiro de 2027 recuava pra 7,35%, de 7,40% no ajuste anterior, e o para janeiro de 2023 estava em 4,62%, de 4,66%. Já o vencimento para 2022 exibia taxa de 3,27%, de 3,29% no ajuste de segunda-feira (19).

Relacionados

Para Receita, arrecadação de março ainda não sofreu impacto da 2ª onda da covid

O chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, Claudemir Malaquias, explicou nesta terça-feira, 20, que o resultado [...]

Estadão - 20/04/2021

Bolsas de NY fecham em baixa, com cautela no mercado por covid-19 e balanços

As bolsas de Nova York fecharam em baixa nesta terça-feira, 20, em sessão com cautela nos mercados, em especial com foco [...]

Estadão - 20/04/2021

Receita corrige: arrecadação de março e do trimestre é a maior desde 1995

Após divulgar que o resultado da arrecadação de março e do primeiro trimestre do ano eram recordes na série histórica a [...]

Estadão - 20/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções