EUA e UE podem se aliar para responsabilizar China por ‘distorções’ no comércio

Tempo de leitura: 1 minuto

Os Estados Unidos e a União Europeia (UE) divulgaram comunicado conjunto nesta segunda-feira alertando que poderão se aliar para “responsabilizar países que apoiam políticas que distorcem o comércio, como a China”. O comunicado foi emitido pela representante de Comércio dos EUA, Katherine Tai, pela secretária de Comércio do país, Gina Raimondo, e pelo vice-presidente executivo da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis. No comunicado, EUA e UE anunciaram o início de discussões para tratar a questão da capacidade global excedente de aço e alumínio.

Relacionados

Langoni foi bom amigo que a pandemia me impediu de encontrar, lamenta Meirelles

O ex-ministro da Fazenda e atual secretário da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo, Henrique Meirelles, lamentou neste domingo, [...]

Estadão - 13/06/2021

G7 expressa preocupação sobre China e quer mais estudos sobre origem da covid-19

Em comunicado divulgado neste domingo, os líderes do G7 emitiram um apelo para um novo estudo sobre as origens da covid-19, [...]

Estadão - 13/06/2021

'Langoni foi um economista brilhante', diz Sachsida

O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, usou as redes sociais para lamentar a morte do ex-presidente [...]

Estadão - 13/06/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções