Petróleo fecha no maior nível em 13 meses com expectativa por pacote e dólar

Tempo de leitura: 2 minutos

Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta nesta terça-feira, 9, atingindo a máxima em 13 meses. A sessão contou com volatilidade, com o barril chegando a operar no terreno negativo, em uma possível realização de lucros após as recentes altas. No entanto, ao longo do dia, as perspectivas positivas por um novo pacote fiscal nos Estados Unidos impulsionaram a commodity, uma vez que isso pode elevar a demanda no maior consumidor mundial de petróleo, e tem como efeito uma desvalorização do dólar, o que torna o barril mais barato para detentores de outras divisas.

O petróleo WTI para março encerrou a sessão com ganho de 0,67%, a US$ 58,36 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex). O Brent para abril avançou 0,88%, a US$ 61,09 o barril, na Intercontinental Exchange (ICE). O ING aponta que desde o começo do ano, os ganhos de Brent estão próximos dos 17%. Além do maior nível em 13 meses, a Dow Jones Newswire lembra que o sétimo fechamento com ganhos consecutivos do WTI é uma marca que não era alcançada há dois anos.

Em entrevista à MSNBC nesta manhã, a diretora de comunicação da Casa Branca, Kate Bedingfield, garantiu que a tramitação do pacote de estímulo não será atrasado por divergências com a oposição. “Biden provavelmente levará adiante grande parte de sua proposta sem o apoio republicano”, projeta o BBH.

O ING, contudo, avalia que há alguns riscos para o preço do barril, especialmente relacionados à cautela por conta da covid-19. Ao longo da sessão, o petróleo chegou a operar em baixa. No entanto, os fundamentos que impulsionaram a commodity nos últimos dias, como o otimismo pela vacinação e uma retomada da economia global e os cortes da produção em países da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+), seguiram dando apoio aos preços.

Ainda hoje, o ministro da Inteligência do Irã, Mahmoud Alavi, alertou o Ocidente que seu país poderia iniciar o desenvolvimento de uma arma nuclear se as sanções internacionais contra Teerã permanecerem em vigor, informou a televisão estatal do Irã. Um possível acordo do país persa com os EUA é monitorado pelo potencial de aumentar a oferta de petróleo no mercado, mas as últimas notícias vem apontando divergências entre as nações.

O mercado aguarda a publicação dos estoques da commodity em solo americano na última semana pelo American Petroleum Institute (API) às 18h30 (Brasília). Em relatório divulgado hoje, o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) dos EUA projeta que o preço médio do WTI para 2021 será de US$ 50,21, enquanto o preço médio para o ano seguinte será de US$ 51,56. Já para o Brent, o DoE prevê preço médio de US$ 53,20 no ano atual e de US$ 55,19 para 2022.

Relacionados

Bolsonaro: fim à discriminação salarial pode piorar situação de mulheres

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sugeriu que arranjar emprego pode se tornar "quase impossível" para as mulheres, caso ele sancione [...]

Estadão - 22/04/2021

Bolsonaro diz que críticas à política ambiental do seu governo não se justificam

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) avaliou mais uma vez como injustas as críticas que o Brasil sofre por causa da [...]

Estadão - 22/04/2021

Na Cúpula do Clima, FMI pede preço robusto para o carbono

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, pediu nesta quinta-feira, 22, que se imponha um preço robusto sobre o [...]

Estadão - 22/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções