Tostes: arrecadação de janeiro poderá atestar tendência de crescimento

Tempo de leitura: 1 minuto

O secretário especial da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto, afirmou nesta seguna, 25, que as perspectivas para a arrecadação no mês de janeiro deste ano são positivas. “Ao fechar a arrecadação de janeiro, poderemos atestar a tendência de crescimento iniciada em agosto”, afirmou o secretário.

Durante entrevista coletiva à imprensa, Tostes foi questionado sobre o fato de a alta real (atualizada pela inflação) da arrecadação ter desacelerado nos últimos meses. Sucessivamente, houve elevação de 9,56% em outubro, 7,31% em novembro e de 3,18% em dezembro do ano passado.

“A comparação mês contra mês não é adequada, porque há sazonalidades específicas, que impactam de forma diferente. Há meses de vencimentos de tributos”, lembrou Tostes. Segundo o secretário, os dados de janeiro e de fevereiro poderão confirmar ou não a tendência de alta iniciada no ano passado, após a arrecadação sofrer forte queda nos primeiros meses da pandemia do novo coronavírus.

Relacionados

Bolsonaro: economia formal se recupera enquanto informalidade está uma catástrofe

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta terça-feira, 20, que a economia formal mostra sinais de recuperação enquanto a atividade [...]

Estadão - 20/04/2021

Foco da conversa é redução de desmatamento e não dinheiro, dizem EUA

O pedido de verba para financiar a proteção ambiental no Brasil tem sido colocado na mesa pelo governo Bolsonaro nas conversas [...]

Estadão - 20/04/2021

Biden diz que condenação de Chauvin pode ser passo para Justiça nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta terça-feira, 20, que a condenação do ex-policial Derek Chauvin pela morte de [...]

Estadão - 20/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções