Aceleração de vacinação é hoje grande foco do governo, diz secretário do Tesouro

Tempo de leitura: 1 minuto

O secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, disse que a aceleração do programa de vacinação é hoje o grande foco do governo e o melhor instrumento para atacar, ao mesmo tempo, a crise da saúde, as dificuldades econômicas e as restrições fiscais.

“O foco agora é resolver o problema da vacina. É o melhor instrumento para lidar com o problema da saúde pública, o problema fiscal e ajudar a economia”, comentou Funchal durante live do jornal Correio Braziliense. O secretário do Tesouro substituiu o ministro da Economia, Paulo Guedes, que encerraria o evento.

“Quanto mais rápido for o processo de vacinação, mais rápido a economia retoma e melhor será a nossa condição fiscal no fim do ano”, reforçou Funchal, destacando também em sua fala a disposição do Congresso em avançar em duas grandes reformas: a administrativa e a tributária.

Conforme lembrou o secretário, a imunização ajudará a reduzir a pressão por programas de auxílio emergencial necessários em período de pandemia.

Ao frisar que a reorganização das contas públicas ganhou ainda mais importância após o choque da crise sanitária, ele considerou que Executivo e Congresso deram um passo importante com a aprovação da PEC emergencial. A emenda constitucional, ao mesmo tempo em que tornou viável a reedição do auxílio emergencial, estabeleceu gatilhos de ajuste a serem acionados se o governo seguir expandindo os gastos.

Para Funchal, a aprovação da PEC mostrou “senso de responsabilidade” ao trazer uma solução que, além de garantir o auxílio, pensa no futuro das populações mais vulneráveis ao observar a sustentabilidade fiscal, fundamental para a retomada econômica mais acelerada no futuro próximo.

“O equilíbrio fiscal não é um fim em si mesmo, mas um instrumento para a execução de políticas públicas”, frisou o secretário do Tesouro.

Relacionados

Com Nova York e petróleo, Bolsa fecha em baixa de 0,72%, a 120.061,99 pontos

O Ibovespa lutou e conseguiu conservar a linha dos 120 mil pontos no fechamento desta véspera de feriado no Brasil, com [...]

Estadão - 20/04/2021

Dólar zera queda e termina estável a R$ 5,55 com cautela externa e feriado

O dólar chegou próximo de engatar o sexto dia seguido de queda ante o real, mas no final dos negócios o [...]

Estadão - 20/04/2021

Bolsonaro e ministros se reúnem com empresários, que citam importância da vacina

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e outros dez ministros participaram nesta terça-feira, 20, de uma videoconferência com o Conselho Diálogo [...]

Estadão - 20/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções