O que são e como funcionam os Fundos multimercados na renda fixa

Tempo de leitura: 4 minutos

Capturar os melhores rendimentos é o principal objetivo de todo investidor. Acontece que para ter sucesso nos resultados é fundamental que se tenha um portfólio diversificado, com ativos sólidos e alinhados ao seu perfil de investidor. Sendo assim, uma das modalidades de investimentos são os fundos de multimercado, presentes também na renda fixa.

Para conhecer melhor esse tipo de fundo de investimento, continue a leitura deste guia financeiro e entenda como utilizá-lo para diversificar sua carteira de investimentos.

O que veremos neste artigo?
O que são fundos multimercados?
Como funcionam os fundos multimercados na renda fixa?
Como investir em fundos multimercado?
Quais são os melhores fundos multimercados em 2020?
Fundos multimercado: o que acontecerá em 2021?
O que você ainda precisa saber sobre fundos multimercados?Conclusão

O que são fundos multimercados?

Por definição, fundos multimercados são aqueles cuja política de investimento permite que seu patrimônio financeiro seja aplicado em várias classes de ativos, desde renda fixa a ações, sem ter que estar, obrigatoriamente, concentrado em nenhuma delas.

Eles são vistos como uma modalidade de investimento que possui uma gestão mais flexível e, com isso, procuram capturar e entregar retornos mais atrativos no mercado. Por outro lado, em alguns casos, sua exposição ao risco é maior que a de outros fundos.

Investidores com perfil de moderado a arrojado e horizonte de longo prazo costumam adaptar-se melhor ao comportamento dos fundos multimercados em suas carteiras.

Como funcionam os fundos multimercados na renda fixa?

Os fundos multimercados funcionam como uma grande carteira de investimentos, contudo costumam ser mais complexos, por isso contar com um time de gestão capacitado é essencial para o seu bom desempenho.

Embora pertençam ao mesmo grupo de ativos, a política de investimento de cada fundo multimercado é diferente. De acordo com a ANBIMA – Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais, eles podem ser categorizados em: macro, trading, long & short (neutro ou direcional), juros e moedas, livre, capital protegido, estratégia específica e ainda como investimento no exterior.

Por isso, o gestor pode adotar uma postura mais conservadora e ter uma desenvoltura semelhante a um fundo de renda fixa, mesmo sendo multimercado. Um bom exemplo está nos fundos que aplicam majoritariamente em títulos de renda fixa, que por serem categorizados como multimercados, conseguem fazer determinadas operações, como as de proteção (hedge), que seriam restritas caso fosse um fundo apenas de renda fixa.

Como investir em fundos multimercado?

Assim como os outros tipos de fundos, o investidor conseguirá aplicar nos fundos multimercado através das instituições financeiras em que estiverem disponíveis. Neste caso, as plataformas abertas são quem normalmente disponibilizam com mais facilidade e variedade. Para isso, é necessário apenas ter um cadastro ativo em que possa fazer suas aplicações.

E lembre-se: ao decidir investir neste tipo de ativo, é fundamental que antes procure entender o produto, bem como todas as suas particularidades envolvidas.

Quais são os melhores fundos multimercados em 2020?

Em 2020, a pandemia e a crise instaurada no mundo permitiu muitos fundos multimercados consolidarem suas estratégias. Mesmo com toda a volatilidade e incertezas que ainda nos cerca, muitos destes fundos se mostraram resilientes e capazes não só de suportar, como também se beneficiar deste cenário.

Neste período, multimercados com estratégias macroeconômicas, long and short, cambial, investimento no exterior, dentre outras, destacaram-se. De acordo com a plataforma da Guide Investimentos, alguns chegaram, inclusive, a atingir de 30% a 45% de rentabilidade no ano.

Fundos multimercado: o que acontecerá em 2021?

Diante de um cenário que ainda se mostra bastante nebuloso e incerto, é normal que muitos investidores já desejem posicionar-se estrategicamente para o próximo ano.

Em relação aos fundos multimercados para 2021, é válido reforçar a versatilidade que esta classe de ativos possui e que permite com que suas estratégias se adaptem rapidamente às mudanças que acontecem no mercado.

Portanto, no processo de escolha dos fundos multimercados não julgue somente a estratégia adotada, mas também o time de gestão que está envolvido no processo e que exercerá um papel fundamental na busca pelos melhores retornos, independente do cenário.

O que você ainda precisa saber sobre fundos multimercados?

Os fundos multimercados costumam ter uma boa liquidez e em alguns casos assemelham-se aos fundos de renda fixa. Trata-se de um tipo de investimento que proporciona mais liberdade aos gestores, que podem mesclar suas posições sem obrigatoriedade de concentração em classes de ativos.

Mas atenção!Assim como outros tipos de fundos de investimentos, os multimercados também possuem particularidades que devem ser analisadas e respeitadas. Alguns são destinados a investidores qualificados, outros possuem maior exposição ao risco, assim como são tributados e também estão sujeitos a cobrança do come-cotas, antecipação do imposto de renda feita pela Receita Federal.

Conclusão

É certo que os fundos multimercados são excelentes instrumentos para diversificação das carteiras de investimentos. Através deles, os investidores conseguem acessar diversos tipos de mercados sem ter que dispor de um volume financeiro elevado e ainda contar com uma gestão profissional.

Antes de investir procure conhecer todos os detalhes sobre Fundos de Investimento. Então clique aqui e confira este material completo que preparamos para você.

Relacionados

5 lições de Charlie Munger

Charlie Munger é um dos investidores mais consagrados da história, vice-presidente da Berkshire Hathaway, parceiro de longa data de Warren Buffett. [...]

Suno Research - 07/04/2021

O que é o mercado de ações e como ele funciona

Entre riscos e a volatilidade inerente ao processo, o mercado de ações vale a pena para o investidor que busca ampliar [...]

Syntax Finance - 07/04/2021

Tudo o que você precisa saber sobre Fundos de Fundos (FoFs)

Os Fundos de Fundos, também conhecidos pelo acrônimo FoFs, apresentam uma estratégia de investimento baseada na união de recursos, por uma [...]

Suno Research - 24/03/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções