Cotações por TradingView

O que fazer com a restituição do Imposto de Renda — 2022? Confira 3 dicas

Tempo de leitura: 8 minutos

Se você pagou mais impostos do que deveria e fez sua Declaração de Imposto de Renda (DIRPF), pode ser que receba um valor da Receita Federal em sua conta bancária, ainda em 2022.

Diante disso, é importante saber como usar o dinheiro da restituição de Imposto de Renda (IR) e fazê-lo render. Leia este guia financeiro até o final e veja algumas dicas de como e onde investir esse dinheiro extra.

O que veremos neste artigo:
O que é a restituição do Imposto de Renda?
Quem tem direito à restituição do IR-2022?
Como consultar a restituição do imposto de renda?
Quando a restituição do IR-2022 será paga?
Como é feito o pagamento da restituição?
Como fazer render a restituição do imposto de renda?
É possível investir sua restituição na renda variável?
Considerações sobre o que fazer com a restituição do imposto de renda?
A restituição não caiu? E agora?
Conclusão

O que é a restituição do Imposto de Renda?

A restituição do Imposto de Renda é um direito de qualquer pessoa jurídica ou física que faz a DIRPF e possui um saldo a receber.

Ela é acontece quando o contribuinte teve alguma retenção indevida e pagou mais imposto que suas obrigações fiscais exigiam.

 A Receita Federal do Brasil é o órgão responsável por realizar o cálculo de acordo com às deduções feitas e depositar o montante da restituição na conta bancária do contribuinte.

 No ano de 2022, a declaração anual do Imposto de Renda tem o prazo até o dia 31 de maio e pode ser feita totalmente digital via a plataforma e-CAC  ou através do programa da Receita Federal.

Quem tem direito à restituição do IR-2022?

O contribuinte deve informar na DIRPF todos os seus bens, renda, o que inclui a declaração de rendimentos dos investimentos, e gastos que teve ao longo do ano de 2021.

Algumas despesas específicas podem ser abatidas na Declaração anual, segundo a Receita Federal, podendo aumentar as chances do contribuinte ser restituído. Confira quais são elas:

  • Gastos com saúde: despesas médicas, exames, aquisição de medicamentos e vacinas, gastos com dentista, atendimento psicológicos, e até mesmo parte dos valores desembolsados com plano de saúde;
  • Despesas com educação: os documentos comprobatórios devem confirmar o vínculo com instituições de ensino formalizadas e registradas no Ministério da Educação (MEC), seja no ensino superior, formação técnica e/ou outras modalidades;
  • Valores dispensados com dependentes: principalmente quando há uma determinação judicial, como gastos com pensão alimentícia e ensino básico na rede particular;
  • Contribuições previdenciárias: até 12% do rendimento tributável da previdência privada, na modalidade PBGL, é dedutível.

A declaração de ajuste anual de imposto de renda é como uma auditoria tributária, ao qual a Receita Federal checa a apresentação dos documentos elencados, verifica sua idoneidade e confere se há compensação de contribuições ao cidadão.

Lembrando que há um limite como despesa dedutível no Imposto de Renda.

Como consultar a restituição do imposto de renda?

Após o período de análise das declarações, a Receita Federal dará um parecer se há impostos a pagar ou a receber.

Para consultar se você tem direito à restituição do imposto de renda de 2020 basta acessar o site da Receita Federal.

O contribuinte deve inserir os seus documentos pessoais e selecionar o ano de exercício. Após este passo a passo, há o aviso se existe alguma pendência a ser regularizada ou o acesso ao cronograma de lotes.

Quando a restituição do IR-2022 será paga?

O calendário de devolução do IR segue uma ordem cronológica que respeita a entrega dos documentos, ou seja, quanto antes você enviar sua declaração, mais rápido será restituído.

Por isso, o ideal é agir com muita antecedência, fazer um planejamento dos gastos e organizar os comprovantes de despesas, como notas fiscais, recibo de prestação, cópia de rendimentos e outros documentos comprobatórios.  Confira os lotes de restituição do Imposto de Renda de 2022:

Lote Data
1 31/05/2022
2 30/06/2022
3 30/07/2022
4 31/08/2022
5 30/09/2022
Fonte: Receita Federal.

Como é feito o pagamento da restituição?

Durante o cadastro, o contribuinte deve informar seus dados bancários com precisão para que, caso haja a restituição, a Receita Federal efetue a transferência rapidamente e sem problemas.

Dependendo do lote da restituição do IR-2022, o pagamento poderá ter os seus valores  corrigidos na proporção de 1% à Taxa Selic conforme a ordem de entrega da declaração original.

Como fazer render a restituição do imposto de renda?

 Se você receber a restituição do imposto de renda, aproveite para utilizá-la melhor possível. Aqui vão algumas dicas:

1 – Pagar dívidas

Se você tem dívidas ou está com nome sujo, o ideal é priorizar o pagamento dessas pendências. Para isso, utilize o valor da restituição e coloque em dia os boletos atrasados e as faturas vencidas.

Busque quitar os débitos que costumam ter um peso maior no seu orçamento mensal ou antecipar aquela parcela que ainda não venceu. Além disso, tente negociar, afinal com dinheiro em espécie para saldar a dívida você pode obter descontos.

2. Fazer uma reserva de emergência

Para aqueles que não possuem dívidas, o primeiro passo é fazer uma reserva de emergência. Essa etapa é importante para qualquer pessoa que deseja fazer um bom planejamento financeiro e posteriormente se tornar um investidor.

A reserva de emergências é um montante destinado para situações inesperadas, como desemprego, acidente, crise econômica, ou até mesmo para o momento atual, afinal estamos passando por uma guerra na Europa, com forte influência na economia nacional.

Geralmente, o indicado que o fundo de emergência tenha um valor equivalente a seis meses do custo mensal do indivíduo e ela sera aplicada em um investimento com resgate rápido ou imediato.

3. Investir na renda fixa

Confira os principais tipos de aplicações da renda fixa:

Tesouro Direto Selic

O Tesouro Selic (LFT) é muito utilizado para formar a reserva de emergência. É um título público considerado de baixo risco, assim como a poupança, tendo o resgate antecipado fácil e rápido. O aporte inicial pode ser feito a partir de R$100,00.

CDB

O CDB é um título de renda fixa comum entre os investidores iniciantes. Esses ativos são emitidos por bancos e possuem proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). É possível encontrar diversos certificados de depósito bancário (CDB) em corretoras a partir de R$100,00.

LCI e LCA

A LCI e a LCA são uma modalidade de investimento que promove o financiamento do setor imobiliário e agrícola. A principal vantagem é a isenção do imposto de renda sobre o valor aplicado, diferente do que acontece com outros ativos, como CDB e Tesouro Selic.

CRA e CRI

O CRA e o CRI são bem semelhantes às letras de crédito LCA e LCI, pois também captam recursos para financiar o mercado de imóveis e o agronegócio. O montante investido é isento de imposto de renda, entretanto não apresenta a garantia do FGC.

Conheça mais opções da renda fixa e não deixe o seu dinheiro na poupança.

É possível investir sua restituição na renda variável?

 A Bolsa de Valores pode ser uma boa opção para quem deseja alavancar seus ganhos e diversificar seus investimentos. Com o valor da restituição do imposto de renda você já pode começar a investir.

Uma alternativa, para quem deseja iniciar com pouco recurso é comprar ações através do mercado fracionário. Assim, é possível montar uma carteira em renda variável com um capital reduzido. Não se esqueça de avaliar seu próprio perfil investidor, dimensionando assim os riscos deste tipo de operação. Caso seja necessário entre em contato com seu assessor.

Considerações sobre o que fazer com a restituição do imposto de renda em 2022

Com o dinheiro do IR em mãos, não perca a oportunidade de fazê-lo render. O ideal é colocar os boletos em dia e posteriormente começar a investir.

A maioria dos ativos de renda fixa é acessível para quem está iniciando agora. Mas se você deseja montar um portfólio com a possibilidade de ter mais retorno, considerando os riscos, a renda variável pode ser uma opção.

 Amplie seus conhecimentos sobre investimentos e esteja pronto para avançar nas posições.

A restituição não caiu? E agora?

Caso o programa da Receita Federal do Brasil tenha informado que você teria valores a receber e a restituição não foi compensada, o primeiro passo está em entender o que aconteceu.

Você pode confirmar se seus dados bancários estão corretos e caso haja este ou outro erro, é possível enviar uma declaração retificadora.

 Fique atento também ao prazo. Se dentro de 1 ano você não sacar os valores devidos, o dinheiro volta para a Receita Federal. Sendo assim, você deverá fazer um pedido de restituição pelo portal e-CAC.

Conclusão

Quer saber mais sobre o que fazer com a restituição de Imposto de Renda? Acompanhe O Guia Financeiro e tenha acesso a conteúdos exclusivos sobre investimentos e as melhores notícias sobre o mercado financeiro.

Na Guide, você conta com a ajuda de especialistas para escolher as melhores aplicações financeiras, inclusive com rendimentos isentos do imposto de renda e dicas para não cair na malha fina.

Se você ainda não é cliente, abra sua conta e invista com quem te entende!

 Você pode se interessar também por:

Relacionados

5 conceitos importantes que todo investidor iniciante precisa entender

Os brasileiros estão começando a investir mais. Pesquisa recente divulgada pela B3 mostrou que a quantidade de investidores chegou a 4,3 [...]

B3 - A Bolsa do Brasil - 25/05/2022

Carteira previdenciária: o que é e como montar a sua em 5 passos!

Pensar no seu futuro financeiro é essencial para ter mais segurança e evitar problemas com o orçamento. Considerando a fase da [...]

Guide Investimentos - 19/05/2022

Receita líquida: entenda o que é, para que serve e como calcular

Quem deseja aprender a analisar as empresas para começar a investir em ações precisa saber como calcular a receita líquida. Isso [...]

Guide Investimentos - 18/05/2022
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções