CabeçalhoConteúdoNewsletterRodapé

Cotações por TradingView

O que é Tesouro IPCA?

28 de dezembro de 2021
Escrito por Guide Investimentos
Tempo de leitura: 5 min
Compartilhar
imagem ilustrativa de um baú de tesouro
Tempo de leitura: 5 min

O Tesouro IPCA é o título público com desempenho atrelado à inflação oficial do país, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Antes do programa Tesouro Direto, ele era conhecido como NTN-B (Nota do Tesouro Nacional – Série B).

Entre os títulos disponíveis no mercado financeiro, o Tesouro IPCA é uma ótima opção para quem deseja preservar o poder de compra no médio e longo prazo. Emitidos pelo governo federal, esses títulos públicos são considerados uma das aplicações mais seguras do Brasil.

Siga a leitura e compreenda como o Tesouro IPCA é uma aplicação financeira que pode trazer rentabilidade e segurança aos seus investimentos.

O que veremos neste artigo?
Como funciona o Tesouro IPCA?
Quando posso resgatar o Tesouro IPCA?
Qual é a rentabilidade do Tesouro IPCA?
Quais são as vantagens de investir no Tesouro IPCA?
Custos e taxas do Tesouro IPCA
Quais são as diferenças entre Tesouro Selic e IPCA?
Simulador de Tesouro IPCA
Considerações

Como funciona o Tesouro IPCA?

O Tesouro IPCA é um título público pós-fixado, que se divide em dois tipos:

  • Tesouro IPCA+ (NTN-B Principal);
  • Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B).

A principal diferença entre os dois tipos de títulos está no fluxo de pagamento dos juros. No primeiro, os juros são acumulados e pagos na data de vencimento junto ao valor principal. Já no segundo, o investidor recebe cupons semestrais.

Quando posso resgatar o Tesouro IPCA?

O investidor pode vender suas posições no Tesouro IPCA a qualquer momento, independentemente dos prazos de vencimento. Mas atenção: o resgate antecipado pode resultar em uma rentabilidade negativa.

Isso acontece porque essa modalidade de investimento está sujeita à famosa marcação a mercado, uma vez que os preços dos ativos variam diariamente, conforme a oferta e a procura.

Portanto, se você precisa de renda extra no curto prazo, opte pelo Tesouro IPCA+ com juros semestrais. Agora se o seu horizonte é de médio prazo, o Tesouro IPCA+ principal pode ser mais interessante.

Ainda sobre o resgate, em setembro de 2021, o Tesouro Direto alterou o prazo de liquidação dos títulos públicos para D+0. No entanto, para garantir a liquidez diária, a venda dos papéis deve ser solicitada até as 13 horas.

Qual é a rentabilidade do Tesouro IPCA?

O Tesouro IPCA é um investimento de renda fixa com rentabilidade híbrida, ou seja, seu rendimento é composto pelas variações da inflação acrescido de uma taxa de juros prefixada, definida no momento da aplicação.

Por este motivo, a rentabilidade do Tesouro IPCA sempre supera a inflação. Essa remuneração extra é representada no símbolo (+) que acompanha o nome do título.

Quais são as vantagens de investir no Tesouro IPCA?

Segurança e a acessibilidade estão entre as vantagens de investir no Tesouro IPCA. Por tratar-se de um título de dívida soberana, o risco de crédito é praticamente nulo.

O Tesouro IPCA são títulos híbridos com rentabilidade real, que podem distribuir cupons de rendimentos semestrais. Além disso, a sua aplicação mínima é a partir de R$30 reais, um investimento inicial acessível a muitos investidores.

E os riscos?

O risco de perda financeira em caso de resgate antecipado é uma das poucas desvantagens dessa modalidade. Além disso, o rendimento do Tesouro IPCA pode ser considerado baixo se comparado a outras opções de investimento, como a renda variável.

Custos e taxas do Tesouro IPCA

Quem opta por investir no Tesouro IPCA deve se atentar aos impactos dos custos sobre os resgates, especialmente a taxa de custódia, o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e o Imposto de Renda (IR).

Confira as principais características de cada um deles:

Taxa de custódia IOF Imposto de Renda*
A partir de janeiro de 2022, a cobrança sairá de 0,25% para 0,20% ao ano. Incide sobre o rendimento no primeiro mês de aplicação. A taxa inicia com 96% e zera após 30 dias. Até 180 dias > 22,5%

De 181 a 360 dias > 20%

De 361 a 720 dias > 17,5%

Acima de 720 dias > 15%

*Fonte: Receita Federal

Cabe destacar que toda plataforma de investimentos autorizada a negociar os títulos do Tesouro Direto pode cobrar uma taxa de administração. No caso da Guide, a taxa é zero.

Quais são as diferenças entre Tesouro Selic ou IPCA?

A escolha entre o Tesouro Selic e o Tesouro IPCA deve considerar a necessidade de liquidez, horizonte de investimento e perfil de risco de cada investidor. Ambos são títulos pós-fixados, garantidos pelo Tesouro Nacional, porém com níveis de volatilidade distintos.

O Tesouro Selic possui rendimento atrelado à taxa básica de juros, a Selic. Ela é definida a cada 45 dias pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central do Brasil, o COPOM.

Quando comparado ao Tesouro IPCA, o Tesouro Selic é bem menos volátil. A sua alta liquidez e baixo risco de perda financeira faz com que ele seja ideal para objetivos de curtíssimo prazo, como formar uma reserva de emergência.

Já o Tesouro IPCA é um ótimo investimento para aposentadoria ou para atender necessidades de médio a longo prazo. Outro diferencial desse título é a possibilidade de receber cupom de juros a cada seis meses.

Na prática, os dois tipos de títulos podem ser utilizados de maneira estratégica para compor uma carteira de investimentos.

Simulador do Tesouro IPCA

A plataforma oficial do Tesouro Direto disponibiliza um simulador em que é possível estimar o rendimento futuro de uma aplicação no Tesouro IPCA.

A ferramenta também permite comparar o resultado com outras modalidades de investimentos, como poupança, CDB (Certificado de Depósito Bancário), LCA/LCI (Letras de Crédito do Agronegócio e Imobiliário), entre outros.

Mas lembre-se que os resultados apresentados no simulador não representam uma garantia de rentabilidade e podem mudar, conforme as condições de mercado.

Considerações

Se você está na fase de acumulação de patrimônio e está planejando a faculdade dos filhos ou uma aposentadoria de qualidade, o Tesouro IPCA é uma alternativa a se considerar.

No longo prazo, ele apresenta uma rentabilidade superior a outros investimentos em renda fixa. Sem contar no pagamento de juros semestrais que pode funcionar como uma renda extra.

Embora o Tesouro IPCA não conte com a cobertura do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), ele é garantido pelo Tesouro Nacional, que assegura a sua recompra no mercado secundário e possibilita a liquidez imediata do título.

O Tesouro IPCA é uma aplicação segura e simples. Uma opção de baixo risco para aproveitar o efeito dos juros compostos, que atende desde os investidores conservadores aos mais arrojados.

Quer saber mais sobre o mercado de títulos públicosAqui no Guia Financeiro, você encontra dicas de investimentos que lhe auxiliarão a escolher a melhor estratégia para seu perfil de investidor. Abra sua conta na Guide e invista com quem te entende!

Guiar as pessoas para que o dinheiro não limite a vida. Este é o nosso propósito e o que acreditamos. Queremos eliminar as barreiras e limitações que impedem as pessoas de viverem sem ter que ficar só preocupadas com dinheiro. Aqui, no portal O Guia Financeiro, te auxiliamos e ensinamos diversas formas de alcançar a sua independência e sempre te lembramos de contar com os nossos Assessores-Guias com o objetivo de alcançar seus sonhos e objetivos.

Veja também