O que é CRI, CRA e como investir?

Tempo de leitura: 2 minutos

Já ouviu falar nos investimentos CRI e CRA, mas não sabe o que é e como investir? Veja as informações e dicas abaixo.

O que veremos neste artigo?
O que é o CRI?
O que é o CRA?
Qual é o seu rendimento?
Qual é o seu risco?
Qual é a sua tributação?
Qual é a sua liquidez?
Quando investir?

O que é o CRI?

CRI é a sigla para Certificado de Recebíveis Imobiliários. Este é um investimento de Renda Fixa e o seu rendimento é proveniente de créditos imobiliários.

Um exemplo seria um prédio em que vários apartamentos foram vendidos através de financiamentos. A empresa que ofereceu os financiamentos possui rendimentos a serem recebidos pelos compradores destes imóveis.

Estes rendimentos são “empacotados” por outra empresa chamada “securitizadora”, e este conjunto de juros a serem recebidos são vendidos no mercado financeiro como um CRI.

O que é o CRA?

CRA é a sigla para Certificados de Recebíveis do Agronegócio, o seu funcionamento é idêntico ao do CRI, com a diferença que os recebíveis são originados em transações provenientes do agronegócio.

Qual é o seu rendimento?

O rendimento destes títulos pode ser de 3 formas, assim como nos títulos do tesouro:

  1. Pós-fixado: rendem um % do CDI do período;
  2. Pré-fixado: o rendimento é um valor fixo, definido na emissão do título;
  3. Inflação: nesta modalidade eles possuem uma variável pós fixada atrelada a inflação, que geralmente é o IPCA, mais um valor pré-fixado definido em sua emissão.

Qual é o seu risco?

O risco destes investimentos é que as pessoas que adquiriram o crédito para o empreendimento não consigam honrar suas dívidas. Por outro lado, se a securitizadora que emitiu o título quebre, você não sofrerá nenhuma perda, pois os créditos de seu título não se confundem com o da empresa emissora.

Qual é a sua tributação?

Esta é uma das grandes vantagens deste tipo de investimento, ele é isento de IR para pessoas físicas.

Qual é a sua liquidez?

A liquidez dos CRI’s/CRA’s é baixa. Alguns possuem janelas semestrais e outros podem ser negociados a qualquer momento, mas mesmo assim você depende da existência de compradores para conseguir vendê-los.

Como a existência de compradores é baixa, é provável que você precise aceitar um deságio se precisar do dinheiro antes do vencimento.

Quando investir?

Este é um investimento ótimo para quem não tem necessidade de resgatar o dinheiro antes do vencimento do título, já possui uma carteira de renda fixa e tem a necessidade de diversificá-la.

A isenção do Imposto de Renda é outra vantagem que contribui para a melhora nos ganhos de sua carteira.

Agora que você já sabe mais sobre CRA e CRI, abra sua conta na Guide e invista nesse e outros tipos de investimentos!

Relacionados

O que são bonds? Como funcionam esses títulos?

Investir em títulos públicos pode ser uma alternativa para quem deseja diversificar sua carteira. Porém, comprar títulos de dívida estrangeira pode [...]

Guide Investimentos - 24/09/2021

Simulador de investimentos em ações: aprenda a investir na bolsa com ele!

O começo de uma nova atividade costuma ser desafiador. E o desafio pode ser ainda maior quando ela envolve a possibilidade [...]

Guide Investimentos - 22/09/2021

O que é crédito privado, como investir e exemplos

Com o aumento da taxa básica de juros no Brasil, a renda fixa passou a ser mais atrativa aos brasileiros. O [...]

Syntax Finance - 21/09/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções