Em live, Bolsonaro volta a criticar o ministro Edson Fachin do STF

Tempo de leitura: 1 minuto

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a reforçar, durante transmissão semanal ao vivo nas redes sociais, críticas ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin. Entre as decisões proferidas pelo magistrado, Bolsonaro destacou a proibição de operações policiais durante a pandemia, bem como a liberação de mais de “30 mil vagabundos” das cadeias.

Em dezembro do último ano, o ministro expediu habeas corpus coletivo para que fosse concedida prisão domiciliar a todos os detentos enquadrados no grupo de risco da covid-19. A medida valeria apenas para os detentos de unidades superlotadas e em regime semiaberto que não cometeram crimes violentos. Segundo estimativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a medida poderia beneficiar 41 mil presos.

Ao lado do presidente na transmissão, o líder do PSL na Câmara, Vitor Hugo (GO), disse que pediu ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), para que fosse feita uma semana específica para a votação de projetos de lei da área de segurança pública. A sugestão acontece em meio a críticas de lideranças ao governo por não priorizar as reformas prometidas, como a tributária e a administrativa. “Temos que dar uma ordem unida na questão da insegurança no Brasil”, emendou Bolsonaro.

Relacionados

Ala do Patriota perde recurso e já descarta filiação de Bolsonaro

A filiação do presidente Jair Bolsonaro(sem partido) ao Patriota está cada vez mais distante. O desembargador Rômulo de Araújo Mendes, do [...]

Estadão - 03/08/2021

Filho de Bruno Covas diz que Bolsonaro 'nunca entenderá' o que é o amor

O filho do ex-prefeito Bruno Covas, Tomás Covas, reagiu às críticas do presidente Jair Bolsonaro feitas contra seu pai, falecido em [...]

Estadão - 03/08/2021

Amilton admite negociação com municípios: houve demandas com carta da Davati

Confrontado com informações trazidas pelos integrantes da CPI da Covid, o reverendo Amilton de Paula precisou ajustar seu depoimento e admitiu [...]

Estadão - 03/08/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções