Pacheco: se ICMS dos combustíveis for ‘caminho bom’, terá toda atenção do Senado

Tempo de leitura: 1 minuto

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que a Casa “obviamente” vai receber o projeto aprovado na Câmara no final da noite desta quarta-feira (13) que muda a cobrança de ICMS sobre combustíveis e dar a ele o tratamento devido de apreciação, debate e amadurecimento.

Segundo Pacheco, se a proposta de alterar a cobrança dos impostos estaduais sobre os combustíveis for “um caminho bom”, a Casa terá toda a “atenção, dedicação e boa vontade” para discutir o projeto. Conforme mostrou o Estadão/Broadcast, senadores, pressionados pelas gestões estaduais, são resistentes ao projeto, uma vez que reduziria a arrecadação local.

“Todos nós comungamos da tese de que precisamos estabilizar esse preço dos combustíveis e tornar o preço palatável para o desenvolvimento do País. Não tem como desenvolver o País com o combustível a esse preço hoje”, disse Pacheco. Para o presidente do Senado, “há um viés tributário muito forte no preço dos combustíveis e isso pode ser remodelado. Essa é a intenção da Câmara dos Deputados nesse projeto”.

Relacionados

Quanto rende 100 mil em fundos imobiliários?

Quando o assunto é ter uma renda passiva, os fundos de investimentos imobiliários são um dos ativos financeiros mais procurados pelos [...]

Syntax Finance - 21/10/2021

Estrangeiro eleva posição 'vendida' em taxa de juro

Os investidores estrangeiros aumentaram nesta quarta-feira, 20, suas posições aplicadas no mercado de juros, em termos líquidos. O estoque dos contratos [...]

Estadão - 21/10/2021

Dólar têm alta forte com tensão fiscal e exterior; mercado espera ação do BC

A tensão fiscal do País e o exterior negativo, com dólar e juros dos Treasuries em alta e bolsas em baixa, [...]

Estadão - 21/10/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções