Obrador diz que parabenizará vencedor nos EUA após batalha jurídica

Tempo de leitura: 1 minuto

O presidente do México, Manuel López Obrador, afirmou nesta segunda-feira, 9, que não vai parabenizar o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, antes da resolução da batalha jurídica travada pelo atual líder da Casa Branca, Donald Trump. “Não queremos ser imprudentes nem agir precipitadamente”, disse.

O presidente mexicano é um dos poucos aliados dos EUA que negaram o reconhecimento do resultado da eleição, incluindo o presidente Jair Bolsonaro e o líder da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

Fonte: Dow Jones Newswires.

Relacionados

Artistas dos EUA e Brasil pedem a Biden que não feche acordos com Bolsonaro

Uma carta, assinada sobretudo por artistas de Brasil e Estados Unidos, pede ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que "não [...]

Estadão - 20/04/2021

Lojas Americanas adquire Grupo Uni.co

A Lojas Americanas comunicou nesta terça-feira, 20, que sua subsidiária IF Capital fechou contrato para a adquirir 70% das ações do [...]

Estadão - 20/04/2021

ONS diz que discussões sobre leilões de potência estão sendo finalizadas

O diretor geral do Operador Nacional do Sistema (ONS), Luiz Carlos Ciocchi, informou que as discussões sobre os inéditos leilões de [...]

Estadão - 20/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções