Campos Neto: lockdown maior do que esperado pode gerar 1º semestre um pouco pior

Tempo de leitura: 1 minuto

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, alertou nesta terça-feira, 2, para o risco de um eventual lockdown para além do esperado imprimir piora na economia no primeiro semestre. Devido ao aumento de contágio pela a variante do coronavírus, governadores e prefeitos têm editado decretos restringindo a circulação de suas populações.

“Um lockdown maior que o esperado pode gerar um primeiro semestre um pouco pior”, disse Campos Neto durante participação no Webinar “Cenários Brasil 2021”, promovido pela Arko Advice e Empiricus.

Mas com a vacina, disse Campos Neto, o segundo semestre deverá registar uma taxa de crescimento melhor. Por enquanto, de acordo com ele, o Brasil registra uma melhora gradual no mercado de trabalho com o emprego formal mostrando uma recuperação robusta com o hiato do mercado de trabalho se fechando.

Recentemente, disse o presidente do BC, houve uma pequena desaceleração no crédito com a perspectiva do lockdown.

Relacionados

ITE-Facamp cai 0,50% em fevereiro ante janeiro, com ajuste sazonal

O Índice de Tendência Econômica da Facamp (ITE-Facamp) caiu 0,50% em fevereiro ante janeiro, considerando a série com ajuste sazonal, depois [...]

Estadão - 16/04/2021

EUA/Psaki: Cúpula do Clima irá galvanizar apoios contra mudanças climáticas

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, mostrou nesta sexta-feira otimismo com a Cúpula do Clima, convocada pelo presidente Joe Biden [...]

Estadão - 16/04/2021

Pandemia, juro baixo e dólar caro fazem disparar as vendas de imóveis de luxo

Pandemia, juros baixos e a disparada do dólar provocam, desde meados do ano passado, um aquecimento geral do mercado imobiliário, um [...]

Estadão - 16/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções