China: Xi Jinping rejeita dissociação, apesar de tensões com EUA e Europa

Tempo de leitura: 1 minuto

O presidente da China, Xi Jinping, rejeitou nesta quinta-feira insinuações de que seu país possa se dissociar ou se separar dos EUA e outros parceiros comerciais, apesar de crescentes tensões com Washington e Europa relacionadas a tecnologia e segurança.

Xi, que falou em vídeo durante reunião de executivos-chefes (CEOs) da Ásia e do Pacífico, prometeu maior abertura dos mercados chineses, mas não anunciou iniciativas em resposta a queixas de que o Partido Comunista da China injustamente subsidia e protege as indústrias de tecnologia e de outras áreas para sufocar a concorrência externa.

Xi descartou sugestões de que Pequim possa reagir a sanções dos EUA contra suas empresas de tecnologia, tentando isolar suas indústrias de parceiros comerciais globais. “Jamais iremos retroceder na história, buscando nos dissociar ou formar um ‘pequeno círculo’ para manter os outros do lado de fora”, disse Xi.

O evento de hoje precede uma reunião virtual de líderes da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec, pela sigla em inglês), a ser realizada nesta sexta-feira (20). No último domingo (15), 15 países da Ásia e do Pacífico, incluindo a China, assinaram a Parceria Econômica Abrangente Regional (RCEP, na sigla em inglês), maior acordo de livre comércio do mundo. Fonte: Associated Press.

Relacionados

Pregão volátil de mercados internacionais não afeta apetite por risco das bolsas

Os mercados internacionais tiveram um pregão volátil nesta quarta-feira, 21, feriado de Tiradentes no Brasil. Durante boa parte do dia, a [...]

Estadão - 21/04/2021

Oi quer incorporar Telemar e braço da BrT para continuar recuperação judicial

A Oi, atualmente em recuperação judicial, propôs aos acionistas duas reorganizações em sua estrutura societária necessárias para levar adiante o plano [...]

Estadão - 21/04/2021

No feriado, Bolsonaro almoça com ministros e posa para foto com #FicaSalles

O presidente da República Jair Bolsonaro aproveitou o feriado desta quarta-feira, 21, para participar de um almoço na casa do Ministro [...]

Estadão - 21/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções