Destaque é rejeitado e 1º turno do Orçamento de Guerra é concluído

Tempo de leitura: 1 minuto

O plenário da Câmara rejeitou há pouco um destaque do PSOL que pedia retirada de qualquer mudança referente ao Banco Central da Proposta de Emenda à Constituição apelidada de “Orçamento de Guerra”. Foram 388 votos contra o destaque a 71 a favor. Esse era o único destaque e, com isso, a votação em primeiro turno foi concluída.

Deputados aprovaram a chamada quebra de interstício, que permite realizar o 2º turno de votações de uma PEC sem que se cumpra o prazo regimental de cinco sessões, e a segunda fase da votação já teve início.

Relacionados

STJ: Período de recolhimento em casa com tornozeleira pode ser descontado da pena

Em votação unânime, a Terceira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que o período de recolhimento domiciliar com tornozeleira [...]

Estadão - 22/04/2021

Maioria do STF vota para enviar ações de Lula para a Justiça Federal do DF

A maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) votou nesta quinta-feira, 22, a favor de enviar à Justiça Federal do Distrito Federal [...]

Estadão - 22/04/2021

Movimento Vem Pra Rua lamenta postura do STF sobre investigações da Lava Jato

O Movimento Vem Pra Rua emitiu uma nota lamentando a postura do Supremo Tribunal Federal (STF) em "colocar em risco tudo [...]

Estadão - 22/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções