Queiroga diz que Bolsonaro precisa se vacinar contra a covid-19

Tempo de leitura: 1 minuto

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta quinta-feira, 16, que o presidente Jair Bolsonaro precisa se vacinar contra a covid-19. “O senhor está bem, mas tem que se vacinar”, declarou, em transmissão ao vivo nas redes sociais ao lado do chefe do Executivo. “Depois que todo mundo, todo mundo tomar a vacina, eu vou decidir meu futuro”, respondeu Bolsonaro.

Após atacar a Coronavac por diversas vezes em sua live, Bolsonaro rejeitou se vacinar neste momento por sua suposta alta taxa de anticorpos. “Tomar vacina para quê? Para ter anticorpos. A minha taxa de anticorpos está lá em cima. Eu te apresento o documento. Estou com 991 índice de Imunoglobulina G, o IgG. Eu estou bem, vou tomar vacina, a Coronavac, por exemplo, que não vai chegar a essa efetividade, pra que eu vou tomar?”, questionou o presidente.

Contudo, a ciência aponta que a imunidade trazida pela infecção tem durabilidade inferior àquela induzida pelas vacinas.

Às vésperas de seu discurso na Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Bolsonaro ainda voltou a dizer que talvez tenha sido reinfectado pelo coronavírus nos últimos dias ou semanas.

O presidente da Assembleia, Abdullah Shahid, defendeu a exigência de comprovante de vacinação. A Secretaria-Geral da ONU, porém, não tem autonomia para forçar representantes de países a se vacinar, segundo a porta-voz Stéphane Dujarric.

A live de Bolsonaro foi sumariamente interrompida no YouTube após o presidente afirmar que toma invermectina “de vez em quando”. Ainda não está claro, contudo, se a transmissão foi derrubada pela rede social por compartilhamento de notícias falsas. A invermectina é um medicamento sem comprovação científica para a covid-19.

Relacionados

TRF-4 confirma condenação de Bendine por propinas de R$ 3 milhões da Odebrecht

A 8.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), no Rio Grande do Sul, confirmou a condenação do ex-presidente [...]

Estadão - 16/10/2021

‘Amarra o combate à corrupção’, diz Deltan sobre PEC que muda Conselhão

O procurador da República Deltan Dallagnol, que foi coordenador da extinta força-tarefa da Operação Lava Jato, se uniu aos colegas de [...]

Estadão - 16/10/2021

Governo pede mais tempo para analisar proposta do Nordeste para o Bolsa Família

O governo federal pediu mais tempo para analisar o requerimento dos Estados do Nordeste contra o corte no pagamento do Bolsa [...]

Estadão - 16/10/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções