Câmbio já está mais próximo de R$ 5 em reconhecimento à agenda, diz Guedes

Tempo de leitura: 1 minuto

O ministro da Economia, Paulo Guedes, atribuiu nesta quarta-feira a desvalorização recente mostrada pelo dólar ao reconhecimento de investidores da agenda conduzida pelo governo. “O câmbio sofreu um overshooting sobrevalorização que também é explicado pela mudança na política monetária. Mas depois de bater em R$ 5,90 já está mais próximo de R$ 5 em reconhecimento de nossa agenda”, disse o ministro ao participar, com palestra gravada, do Fórum Econômico Internacional das Américas.

Durante o evento em que transmitiu à comunidade internacional a atuação do governo no combate à pandemia, Guedes reafirmou que o coronavírus interrompeu o processo de contenção da dívida pública, mas que agora, com a retomada que ele classificou novamente como em forma de “V”, o País retoma a pauta de reformas estruturais.

A ideia, destacou, será acelerar as reformas para transformar a recuperação cíclica em crescimento sustentável baseado em investimentos.

Ao tratar dos planos de desestatização, um dos caminhos para reduzir a dívida pública, Guedes voltou a citar a possibilidade de abertura de capital (IPO, na sigla em inglês) do banco digital da Caixa.

Ele salientou que com a inclusão de 64 milhões de brasileiros, que entraram no aplicativo do banco público para receber o auxílio emergencial, a Caixa tem hoje o maior banco digital do mundo.

Relacionados

Petrobras anuncia reajustes de 1,9% para gasolina e de 3,7% para o diesel

A Petrobras informou às distribuidoras de combustíveis que vai aumentar o diesel em 3,7% e a gasolina em 1,9% a partir [...]

Estadão - 15/04/2021

Ouro fecha em forte alta, com queda dos juros dos Treasuries e dólar fraco

O contrato futuro de ouro mais líquido de ouro fechou em alta nesta quinta-feira, 15, impulsionado pelo enfraquecimento do dólar e [...]

Estadão - 15/04/2021

Bolsonaro cita 'toque de recolher' na Argentina e Fernández desmente brasileiro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta quinta-feira, pelo Twitter, que a Argentina vive um "toque de recolher" entre "20h [...]

Estadão - 15/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções