Antes de cancelamento da AGU, Barros pediu suspensão de promoção de procuradores

Tempo de leitura: 1 minuto

O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), apresentou um projeto para sustar os efeitos da portaria que liberou a promoção de 606 procuradores. O projeto do representante do presidente Jair Bolsonaro entrou no sistema do legislativo às 15h47 desta quinta-feira, 24. Minutos depois a Advocacia-Geral da União (AGU) decidiu suspender a promoção em massa.

“Diante do grave quadro de pandemia global e do cenário de ajuste fiscal no Brasil, essa promoção se mostra inoportuna e revela preocupante distanciamento social por parte de quem a editou”, disse Barros, em nota.

Relacionados

Franco França liga para colega argentino e fala em aprofundar relações bilaterais

O novo chanceler brasileiro, o embaixador Carlos Alberto Franco França, ligou neste sábado, 10, para seu homólogo argentino, Felipe Solá, e [...]

Estadão - 10/04/2021

Comitê interno da Petrobras desaprova dois nomes indicados ao Conselho da empresa

Dois dos 11 nomes indicados para compor o Conselho de Administração da Petrobras foram considerados inaptos a assumir o cargo por [...]

Estadão - 10/04/2021

Irã inicia lockdown de dez dias; Venezuela anuncia adesão à Covax

O Irã iniciou neste sábado, 10, um lockdown de dez dias para conter a quarta onda de infecções por coronavírus no [...]

Estadão - 10/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções