Itaú Unibanco tem alta de 63,6% no lucro no 1º trimestre, para R$ 6,4 bilhões

Tempo de leitura: 1 minuto

O Itaú Unibanco, maior banco da América Latina, registrou lucro líquido recorrente de R$ 6,398 bilhões no primeiro trimestre deste ano, 63,6% mais que os R$ 3,9 bilhões reportados para igual período de 2020. Em relação aos três meses imediatamente anteriores, a cifra subiu 18,7%.

“Neste primeiro trimestre, evoluímos muito em nosso processo de transformação cultural, para estarmos cada vez mais preparados para os atuais desafios. Conseguimos acelerar a nossa agenda de transformação digital e diversas outras frentes de trabalho fundamentais para melhoramos significativamente a experiência dos nossos clientes”, disse o presidente do Itaú Unibanco, Milton Maluhy, no material de divulgação dos resultados.

A carteira de crédito total do Itaú avançou 4,2% nos três primeiros meses deste ano ante o trimestre anterior, para R$ 906,354 bilhões. Em um ano, foi identificada alta de 15%. No caso da pessoa física, os empréstimos tiveram elevações de 2,2% e 9,8%, respectivamente.

Já o seu custo de crédito alcançou R$ 4,111 bilhões de janeiro a março, cifra 31,9% inferior à verificada nos três meses imediatamente anteriores.

A rentabilidade sobre o patrimônio líquido (ROE, na sigla em inglês) do Itaú encerrou o primeiro trimestre deste ano em 18,5% contra 16,1% do registrado nos três meses anteriores.

Ao fim de março último, o patrimônio líquido do banco era de R$ 140,369 bilhões, alta de 13,5% em um ano. Já os seus ativos totais somaram R$ 2,124 trilhões, elevação de 7,2%, na mesma base de comparação.

O Itaú Unibanco comenta os seus resultados do primeiro trimestre amanhã, em conversa com a imprensa, às 8h30. Às 10 horas, promove reunião virtual com analistas e investidores, em português, e às 11h30, em inglês.

Relacionados

Presidente da dona da Fiat vê piora no cenário de falta de peças até junho

O segundo trimestre será o mais severo para a indústria automobilística brasileira, que pode voltar a suspender a produção por causa [...]

Estadão - 07/05/2021

BIP seria porta de entrada no mercado de trabalho

Dentro da equipe econômica, a criação do Bônus de Inclusão Produtiva (BIP) é vista como "porta de entrada" no mercado de [...]

Estadão - 07/05/2021

IBGE: piora da pandemia prejudicou todo segmento do varejo, exceto supermercados

O recrudescimento da pandemia de covid-19 e as medidas restritivas necessárias para o combate à disseminação do novo coronavírus prejudicaram de [...]

Estadão - 07/05/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções