Vendas pelo comércio eletrônico cresceram 11% entre janeiro e junho, diz Visa

Tempo de leitura: 1 minuto

O isolamento social, adotado por conta da pandemia do novo coronavírus, reduziu a atividade presencial do comércio, abrindo espaço para as vendas em plataformas digitais, segundo indica um levantamento feito pela Visa. A pesquisa aponta que, na comparação entre janeiro e junho deste ano, o número de transações feitas pela operadora no e-commerce brasileiro cresceu 11%, enquanto o tíquete médio dessas operações aumentou em 12%.

Segundo a Visa, a expansão do e-commerce não se restringiu ao Brasil. No Reino Unido, as transações no comércio eletrônico aumentaram 16%, enquanto o valor do tíquete médio foi 3% maior.

Na Argentina, onde a modalidade ainda não é “tão desenvolvida”, de acordo com nota da empresa, houve um crescimento acima de 100% das vendas digitais.

Relacionados

Caso George Floyd: Júri inicia deliberações sobre Derek Chauvin

O destino de Derek Chauvin, o ex-policial de Minneapolis acusado de matar George Floyd, está agora nas mãos dos jurados, que [...]

Estadão - 20/04/2021

Monitor do PIB aponta alta de 1,4% em fevereiro ante janeiro, revela FGV

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 1,4% em fevereiro ante janeiro, segundo o Monitor do PIB, apurado pelo Instituto Brasileiro [...]

Estadão - 20/04/2021

China: Xi Jinping pede 'gestão mais equitativa' de temas globais

O presidente da China, Xi Jinping, pediu nesta terça-feira (20) uma "gestão mais equitativa" dos temas globais e, em uma crítica [...]

Estadão - 20/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções