Índice de sentimento econômico da zona do euro cai a menor nível desde 2009

Tempo de leitura: 1 minuto

O índice de sentimento econômico da zona do euro, que mede a confiança de setores corporativos e dos consumidores, caiu de 94,2 em março para 67 em abril, registrando sua maior queda histórica e atingindo o menor nível desde março de 2009 em meio aos efeitos adversos da pandemia de coronavírus, segundo dados publicados hoje pela Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia.

O resultado ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam tombo menor do indicador neste mês, a 75. O dado de março foi revisado para baixo, de 94,5 no cálculo original.

Apenas a confiança do consumidor caiu de -11,6 em março para -22,7 em abril, confirmando estimativa prévia e em linha com a previsão de analistas, enquanto a da indústria diminuiu de -11,2 para -30,4, ficando bem abaixo do consenso de -25, e a de serviços despencou de -2,3 para a mínima recorde de -35. Fonte: Dow Jones Newswires.

Relacionados

Em discurso, Putin diz que qualquer nação que ameaçar a Rússia se arrependerá

Em seu tradicional discurso anual, nesta quarta-feira, 21, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, fez várias ameaças ao Ocidente, mas, apesar [...]

Estadão - 21/04/2021

Pregão volátil de mercados internacionais não afeta apetite por risco das bolsas

Os mercados internacionais tiveram um pregão volátil nesta quarta-feira, 21, feriado de Tiradentes no Brasil. Durante boa parte do dia, a [...]

Estadão - 21/04/2021

Oi quer incorporar Telemar e braço da BrT para continuar recuperação judicial

A Oi, atualmente em recuperação judicial, propôs aos acionistas duas reorganizações em sua estrutura societária necessárias para levar adiante o plano [...]

Estadão - 21/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções