IPC-Fipe sobe 0,91% na 1ª quadrissemana de setembro, após avançar 0,78% em agosto

Tempo de leitura: 1 minuto

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,91% na primeira quadrissemana de setembro, acelerando frente ao ganho de 0,78% observado no fechamento de agosto, segundo dados publicados nesta quinta-feira, 10, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Na prévia inicial de setembro, cinco dos sete itens do IPC-Fipe ganharam força: Habitação (de 0,98% em agosto para 1,03% na primeira quadrissemana), Alimentação (de 1,27% para 1,44%), Despesas Pessoais (de 0,51% para 0,80%), Saúde (de 0,65% para 0,67%) e Vestuário (de -0,76% para -0,16%).

Por outro lado, houve desaceleração em Transportes (de 0,71% para 0,69%) e os custos de Educação tiveram alta marginal de 0,01% na primeira leitura de setembro, repetindo a variação de agosto.

Veja abaixo como ficaram os componentes do IPC-Fipe na primeira quadrissemana de setembro:

– Habitação: 1,03%

– Alimentação: 1,44%

– Transportes: 0,69%

– Despesas Pessoais: 0,80%

– Saúde: 0,67%

– Vestuário: -0,16%

– Educação: 0,01%

– Índice Geral: 0,91%

Relacionados

Ouro fecha em baixa, com rendimentos dos Treasuries e pressionado por dólar

O contrato mais líquido do ouro fechou em baixa nesta quinta-feira, em sessão focada nos movimentos dos juros dos Treasuries e [...]

Estadão - 22/04/2021

Fluxo cambial total no ano até 16 de abril é positivo em US$ 9,470 bi, diz BC

O fluxo cambial do ano até 16 de abril ficou positivo em US$ 9,470 bilhões, informou nesta quinta-feira, 22, o Banco [...]

Estadão - 22/04/2021

BC aprimora regulação de arranjos de pagamento

O Banco Central (BC) publicou nesta quinta-feira uma resolução com aprimoramentos na regulamentação de arranjos de pagamentos. De acordo com a [...]

Estadão - 22/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções