Agora titular do governo do Rio, Cláudio Castro (PSC) promete diálogo

Tempo de leitura: 1 minuto

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), que era interino até hoje, quando o titular Wilson Witzel (PSC) sofreu impeachment, manifestou-se na noite desta sexta sobre a decisão do Tribunal que julgou Witzel e sobre os desafios de sua função, agora definitiva.

“Diante da enorme responsabilidade de conduzir o Estado nesse período tão difícil, o governador Cláudio Castro recebe a decisão do Tribunal Especial Misto sobre o processo de impeachment. Mais do que nunca, Castro manterá sua premissa histórica do diálogo para superar os desafios de pacificar o Rio de Janeiro e unir esforços no enfrentamento à Covid-19, à fome, à pobreza e pela geração de empregos”, diz a nota do governo do Estado.

Castro tomará posse às 10h deste sábado, 1º, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

Durante a cerimônia, ele vai prestar o juramento constitucional e assinar o termo de posse. Às 14h o governador fará um pronunciamento no Palácio Guanabara, sede do governo do Rio, em Laranjeiras (zona sul do Rio).

Relacionados

Lewandowski rejeita pedido para suspender impeachment do governador de SC

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, negou prosseguimento a uma reclamação do deputado estadual Laércio Schuster (PSB) para suspender [...]

Estadão - 06/05/2021

Renan rebate falas de Bolsonaro e diz que todos 'sem exceção serão investigados'

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) rebateu as indiretas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) [...]

Estadão - 06/05/2021

MP-RJ pede arquivamento de inquérito contra Felipe Neto

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) pediu o arquivamento do inquérito instaurado contra o youtuber Felipe Neto por [...]

Estadão - 06/05/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções