BC: fluxo cambial total no ano até 17 de julho é negativo em US$ 15,511 bi

Tempo de leitura: 2 minutos

O fluxo cambial do ano até 17 de julho ficou negativo em US$ 15,511 bilhões, informou há pouco o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 7,827 bilhões. Os dados anuais refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira, em especial no mês de março.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 17 de julho foi de US$ 42,534 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 281,382 bilhões e de envios no total de US$ 323,916 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 17 de julho ficou positivo em US$ 27,023 bilhões, com importações de US$ 84,063 bilhões e exportações de US$ 111,086 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 16,142 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 40,250 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 54,694 bilhões em outras entradas.

Julho

Depois de encerrar junho com saídas líquidas de US$ 2,885 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 2,974 bilhões em julho até o dia 17, informou há pouco o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 4,390 bilhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 17,916 bilhões e de retiradas no total de US$ 22,306 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de julho até o dia 17 é positivo em US$ 1,416 bilhão, com importações de US$ 5,789 bilhões e exportações de US$ 7,205 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 688 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 2,218 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 4,299 bilhões em outras entradas.

Semanal

O fluxo cambial registrado na semana passada (de 13 a 17 de julho) para o Brasil ficou negativo em US$ 598 milhões, informou há pouco o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 886 milhões na semana, resultado de aportes no valor de US$ 8,942 bilhões e de envios no total de US$ 9,827 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 288 milhões, com importações de US$ 2,344 bilhões e exportações de US$ 2,632 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 214 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 957 milhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,461 bilhão em outras entradas.

Relacionados

Pregão volátil de mercados internacionais não afeta apetite por risco das bolsas

Os mercados internacionais tiveram um pregão volátil nesta quarta-feira, 21, feriado de Tiradentes no Brasil. Durante boa parte do dia, a [...]

Estadão - 21/04/2021

Oi quer incorporar Telemar e braço da BrT para continuar recuperação judicial

A Oi, atualmente em recuperação judicial, propôs aos acionistas duas reorganizações em sua estrutura societária necessárias para levar adiante o plano [...]

Estadão - 21/04/2021

No feriado, Bolsonaro almoça com ministros e posa para foto com #FicaSalles

O presidente da República Jair Bolsonaro aproveitou o feriado desta quarta-feira, 21, para participar de um almoço na casa do Ministro [...]

Estadão - 21/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções