Medidas fiscais expansionistas podem aumentar dívidas e risco soberanos, diz Fed

Tempo de leitura: 1 minuto

O Federal Reserve (Fed, o banco central americano) avalia que medidas fiscais expansionistas, aplicadas em grande parte do mundo para atenuar a crise do novo coronavírus, podem aumentar dívidas e risco soberanos, sobretudo em países com espaço fiscal já limitado.

Em relatório divulgado sexta-feira, 12, a autoridade destaca, por outro lado, que os rendimentos soberanos de longo prazo caíram em economias avançadas caíram, à medida em que a demanda por segurança aumentou, tal como as taxas básicas de juros chegaram a limites inferiores em vários países.

O texto emitido nesta sexta pelo Fed avalia que os riscos ao sistema financeiro permanecem elevados no exterior, apesar das ações fiscais e monetárias “agressivas” já anunciadas. “A progressão futura da pandemia permanece altamente incerta, e o ressurgimento do surto é um risco substancial. Além disso, o dano econômico da recessão pode ser bastante persistente”, alerta o Fed.

O documento, assinado pelo presidente da instituição, Jerome Powell, será apresentado ao Congresso americano na próxima semana.

Ainda assim, o BC americano sustenta que as condições financeiras globais melhoraram, “em parte”, devido às políticas de estímulo ao crédito.”Mercados de financiamento também se mostraram menos frágeis do que em 2007-2009″, acrescenta o Fed.

Relacionados

Artistas dos EUA e Brasil pedem a Biden que não feche acordos com Bolsonaro

Uma carta, assinada sobretudo por artistas de Brasil e Estados Unidos, pede ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que "não [...]

Estadão - 20/04/2021

Lojas Americanas adquire Grupo Uni.co

A Lojas Americanas comunicou nesta terça-feira, 20, que sua subsidiária IF Capital fechou contrato para a adquirir 70% das ações do [...]

Estadão - 20/04/2021

ONS diz que discussões sobre leilões de potência estão sendo finalizadas

O diretor geral do Operador Nacional do Sistema (ONS), Luiz Carlos Ciocchi, informou que as discussões sobre os inéditos leilões de [...]

Estadão - 20/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções