Mandetta: Brasil implementou medidas depois do leite derramado

Tempo de leitura: 1 minuto

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta afirmou que o País implementou, sempre com atraso, as medidas para redução da transmissão do novo coronavírus, em especial, determinações de quarentena e lockdown. De acordo com Mandetta, durante depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado, o Brasil fez fechamentos, de comércio e serviços, “para ver se não piorava ainda mais a situação”. “Estivemos sempre atrás”, disse.

“Em relação a lockdown, o Brasil não fez nenhum lockdown. O Brasil implementou medidas depois do leite derramado, depois que a gente diz: ‘vai entrar em colapso o sistema de saúde’. Então fecha. ‘Vai acabar o remédio.’ Então fecha”, disse o ministro. “A gente foi sempre um passo atrás desse vírus.”

Relacionados

Mandetta diz que pasta alertou sobre improbidade em compra de cloroquina

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta disse em depoimento à CPI da Covid que um parecer da Advocacia-Geral da União [...]

Estadão - 04/05/2021

'Não podemos no meio da guerra julgar os crimes de guerra', diz Guedes, sobre CPI

Enquanto ex-ministros da Saúde foram convocados para depor aos senadores, o ministro da Economia, Paulo Guedes, avaliou nesta terça-feira, 4, que [...]

Estadão - 04/05/2021

Bia Kicis tem na pauta da CCJ dois projetos lei que podem afetar decisões do STF

Sob o comando da deputada bolsonarista Bia Kicis (PSL-SP), a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara tem na pauta [...]

Estadão - 04/05/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções