China expressa ‘esperanças’ de que EUA priorizem diplomacia com Coreia do Norte

Tempo de leitura: 1 minuto

O embaixador da China na Organização das Nações Unidas (ONU), Zhang Jun, expressou esperanças de que a política americana em relação à Coreia do Norte passará a dar mais importância à diplomacia e ao diálogo, em vez de aderir a uma “pressão extrema” para tentar parar o programa de enriquecimento nuclear de Pyongyang. “Sem enfrentar a questão da segurança e da paz de maneira adequada, definitivamente não temos o ambiente certo para nossos esforços de desnuclearização”, disse Zhang Jun. O governo do presidente Joe Biden já sinalizou que está preparando o terreno para um progresso nas relações com a Coreia do Norte, em que as etapas de desnuclearização seriam atendidas com alívio de sanções por parte dos Estados Unidos. Fonte: Associated Press.

Relacionados

Eleições locais decidem futuro da Escócia

Pelo menos 50 milhões de britânicos votaram na quinta-feira, 6, para escolher os governos de Escócia e País de Gales e [...]

Estadão - 07/05/2021

Exportações da China saltam 32,3% em abril, na comparação anual

Em meio à recuperação econômica global após o choque da covid-19, as exportações da China saltaram 32,3% em abril em relação [...]

Estadão - 07/05/2021

Ásia: bolsas fecham mistas, com chinesas em baixa apesar de bons dados econômicos

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta sexta-feira, 7, com perdas na China, apesar de sólidos dados da balança comercial [...]

Estadão - 07/05/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções