FMI destaca empenho da Argentina com fiscal e diz que voltará ao país em novembro

Tempo de leitura: 1 minuto

O corpo técnico do Fundo Monetário Internacional (FMI) destacou o compromisso das autoridades da Argentina com “com políticas para garantir uma consolidação fiscal favorável ao crescimento” e informou que retornará a Buenos Aires em meados de novembro “para iniciar as discussões sobre um novo programa apoiado pelo FMI”. Em um comunicado divulgado nesta segunda-feira, 12, o órgão internacional disse que teve “reuniões produtivas” no país durante a visita realizada entre 6 e 11 de outubro.

“A Argentina está enfrentando dificuldades econômicas e sociais complexas, no contexto de uma crise de saúde sem precedentes”, diz a nota. O FMI ressalta que a “profunda recessão” gerada pela pandemia de covid-19 levou a um aumento dos níveis de pobreza e desemprego, que já estavam altos e cujos efeitos “estão sendo exacerbados por pressões significativas no mercado de câmbio”.

De acordo com o documento, a equipe do FMI obteve uma “compreensão mais profunda” dos planos das autoridades argentinas para estabilizar a economia. “Um conjunto abrangente de políticas poderia sustentar uma restauração da confiança, mas precisará ser cuidadosamente calibrado para promover a recuperação e garantir a estabilidade macroeconômica”, destaca a entidade.

Relacionados

Bolsas de NY fecham em baixa, com pressão por notícia de elevação de imposto

As bolsas de Nova York fecharam em queda. Além de um movimento aparente de realização de lucros após ganhos recentes, no [...]

Estadão - 22/04/2021

Abinee: falta de componentes gera atrasos em mais fábricas de eletroeletrônicos

Apesar de alguns sinais de melhora no abastecimento das fábricas, a indústria de eletroeletrônicos continua enfrentando dificuldade na compra de materiais [...]

Estadão - 22/04/2021

Petróleo fecha em leve alta após quedas recentes

Os contratos futuros de petróleo fecharam em leve alta nesta quinta-feira, após quedas recentes, observando sinalizações sobre a demanda. O avanço [...]

Estadão - 22/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções