China promete medidas direcionadas para ajudar empresas em meio à pandemia

Tempo de leitura: 1 minuto

O Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês) vai lançar mais medidas direcionadas para garantir apoio financeiro a empresas atingidas pela pandemia do novo coronavírus, segundo o presidente da instituição, Yi Gang.

As medidas incluem ampliar prazos para pequenas empresas pagar empréstimos, reforçar garantias do governo para pequenos negócios e ajudar companhias do segmento a fazer mais emissões de bônus, afirmou Yi em entrevista à mídia estatal, divulgada pelo PBoC nesta terça-feira.

Ao ser perguntado sobre os esforços de alívio financeiro da China em relação aos de outras grandes economias, Yi disse que, desde fevereiro, Pequim implementou políticas de ajuda no valor de 4,9 trilhões de yuans (US$ 686,6 bilhões), ao injetar recursos adicionais no sistema financeiro e encorajar bancos a conceder empréstimos mais baratos.

Segundo Yi, os bancos chineses já refinanciaram mais de 1,2 trilhão de yuans em empréstimos de pequenas empresas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Relacionados

Índia bate recorde de casos e enfrenta carência de vacinas contra covid-19

Maior produtor de vacinas do mundo, a Índia enfrenta problemas em sua produção de imunizantes contra a covid-19, com milhões de [...]

Estadão - 18/04/2021

Terremoto de magnitude 5,9 atinge sul do Irã, diz agência estatal

Um terremoto de magnitude 5,9 na escala Richter atingiu as províncias de Bushehr e Fars, no sul do Irã, neste domingo, [...]

Estadão - 18/04/2021

França quer diálogo mas apoia sanções à Rússia por 'comportamento inaceitável'

O presidente da França, Emmanuel Macron, defendeu que outros países mantenham diálogo com a Rússia, mas também apoiou sanções contra o [...]

Estadão - 18/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções