BC anuncia saída de diretora Fernanda Nechio ‘por razões pessoais’

Tempo de leitura: 1 minuto

O Banco Central anunciou nesta quinta-feira, 18, que a diretora de Assuntos Internacionais e Riscos Corporativos, Fernanda Nechio, deixará a instituição, por razões pessoais. O presidente do BC, Roberto Campos Neto, indicou para a vaga o nome da economista Fernanda Magalhães Rumenos Guardado.

Fernanda Guardado é economista chefe no Banco Bocom BBM desde 2019. De acordo com o BC, ela possui mais de 12 anos de experiência no mercado financeiro e é bacharel, mestre e PhD em Economia pela PUC-Rio.

Depois de dois anos na diretoria colegiada, Fernanda Nechio deve deixar o BC após a próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), nos dias 3 e 5 de maio. De acordo com a autoridade monetária, a substituição poderá ocorrer antes disso, caso o nome de Fernanda Guardado seja aprovado pelo Senado e sua nomeação seja publicada pela Presidência da República até o começo de maio.

“Em nome do Banco Central, o presidente Roberto Campos Neto felicita a indicada Fernanda Guardado e agradece à diretora Fernanda Nechio pelos relevantes serviços prestados ao Banco Central e à Diretoria Colegiada”, completou o BC, em nota.

Relacionados

Austrália vai retirar tropas do Afeganistão até setembro

A Austrália vai concluir a retirada das suas tropas do Afeganistão em setembro, junto com os Estados Unidos e outros aliados, [...]

Estadão - 15/04/2021

EUA vão anunciar sanções contra a Rússia e expulsão de diplomatas do país

O governo dos Estados Unidos vai impor uma série de medidas retaliatórias à Rússia nesta quinta-feira, 15, em resposta à suposta [...]

Estadão - 15/04/2021

Problema não é de recursos, mas de falta de projetos, diz Ricardo Paes de Barros

O economista e ex-subsecretário de Ações Estratégicas Ricardo Paes de Barros disse nesta quarta, 14, que o problema do Brasil não [...]

Estadão - 14/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções