Alemanha exorta UE a esquecer divergências para aprovar pacote de recuperação

Tempo de leitura: 1 minuto

Na presidência rotativa da União Europeia, a Alemanha pediu a todos os Estados membros que coloquem as divergências de lado em uma tentativa de quebrar o impasse na aprovação do orçamento de 1,8 trilhão de euros do bloco e do pacote de recuperação de coronavírus, que atualmente estão sendo bloqueados pela Polônia e Hungria.

Em teleconferência com ministros das Relações Exteriores europeus, o ministro alemão para a Europa, Michael Roth, afirmou que não há tempo a perder em meio às consequências da pandemia. “Devemos agora garantir que os recursos cheguem a quem precisa deles o mais rápido possível. Nossos cidadãos, em todos os Estados membros, contam com nosso apoio. Não há desculpas para mais atrasos”, disse.

Os comentários aconteceram logo após veto da Polônia e da Hungria ao orçamento de 2021 a 2027, por conta de um mecanismo que vincula a liberação do dinheiro a requisitos de Estado de direito. “Peço a todos na UE que honrem sua responsabilidade. Não é hora de vetos, mas de agir com rapidez e solidariedade”, disse Roth. (FONTE: ASSOCIATED PRESS)

Relacionados

Bolsonaro: economia formal se recupera enquanto informalidade está uma catástrofe

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta terça-feira, 20, que a economia formal mostra sinais de recuperação enquanto a atividade [...]

Estadão - 20/04/2021

Foco da conversa é redução de desmatamento e não dinheiro, dizem EUA

O pedido de verba para financiar a proteção ambiental no Brasil tem sido colocado na mesa pelo governo Bolsonaro nas conversas [...]

Estadão - 20/04/2021

Biden diz que condenação de Chauvin pode ser passo para Justiça nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta terça-feira, 20, que a condenação do ex-policial Derek Chauvin pela morte de [...]

Estadão - 20/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções