Morre aos 87 anos ex-deputado e ex-capitão cassado na ditadura Eduardo Chuahy

Tempo de leitura: 1 minuto

Morreu de infarto neste domingo o ex-deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Eduardo Chuahy, aos 87 anos. A Alerj lamentou o falecimento do político, que presidiu a casa em 1986 e foi cassado em 1964, quando era capitão do Exército.

Apoiador do ex-governador do Rio de Janeiro, Leonel Brizola, Chuahy foi secretário de Fazenda na Prefeitura do Rio, no mandato de Marcello Alencar, e presidente do Detran.

Escreveu também, em parceria com o diretor-geral da Alerj, Wagner Victer, o livro “Construção e a Destruição do Setor Elétrico Brasileiro”.

“Fica para nós a memória de um homem público aguerrido e fiel aos seus princípios, de democracia e respeito ao ser humano. Lamentamos sua morte e ofertamos nossas condolências à família”, afirmou em nota o presidente da Casa, deputado André Ceciliano (PT).

Relacionados

Bolsonaro diz que homenagem em Manaus prova 'trabalho bem feito' de Pazuello

O presidente Jair Bolsonaro saiu em defesa do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello nesta quinta-feira, 22. Em transmissão ao vivo pelas [...]

Estadão - 22/04/2021

Irmão de Witzel é preso em operação contra o PCC no interior de São Paulo

O sargento da Polícia Militar Douglas Renê Witzel, irmão do governador afastado do Rio, Wilson Witzel (PSC), foi preso na manhã [...]

Estadão - 22/04/2021

Salles: Quem fiscaliza o Ministério do Meio Ambiente é o meu chefe, Bolsonaro

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, negou nesta quinta-feira, 22, que algum país estrangeiro vá fiscalizar o trabalho da sua [...]

Estadão - 22/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções