Modelo de Dividendos Descontados – Parte 1

Tempo de leitura: 2 minutos

O modelo de dividendos descontados, muitas vezes chamado pelo seu nome em inglês, dividend discounted model, ou simplesmente DDM (seu acrônimo), é uma maneira para realizar o valuation de uma ação. Neste artigo e no próximo, será ensinado o passo-a-passo para que você possa adicionar esse método na avaliação de empresas. Essa é mais uma ferramenta para distinguir bons e maus investimentos.

Perpetuidades

Costuma-se dizer que o valor de uma ação é a quantidade de fluxo de caixa gerado por ela durante o tempo. Dessa forma, podemos considerar que o fluxo de caixa gerado por uma ação são seus dividendos. Na maioria das vezes, considera-se que as empresas vão continuar a existir para sempre. Com isso, a perpetuidade seria justamente os fluxos de caixa para sempre de uma companhia.

Assim, para calcular o valor presente de uma perpetuidade, é necessário apenas trazer a valor presente o fluxo de caixa gerado todos os anos e somá-los ao final. Para isso, deve ser utilizada uma taxa de desconto, que pode ser encontrada por meio do CAPM (Capital Asset Pricing Model), ou apenas uma taxa que represente o custo de oportunidade para o investidor.

Abaixo, está representado o cálculo do valor presente, sendo  a taxa de desconto escolhida:

Cálculo Valor presente = fluxo de caixa (ano 1) dividir por (i - 1)¹ mais fluxo de caixa (ano 2) dividir por (i - 1)² mais ...

Dois casos importantes

Existem duas situações emblemáticas para o cálculo de perpetuidades. A primeira é aquela que o fluxo de caixa se mantém constante ao longo dos anos. Por exemplo, se considerarmos que a empresa pagará R$ 1,00 de dividendos por ano, mantendo esse valor constante, e assumirmos uma taxa de desconto de 10%, o valor presente será o informado a seguir:

Cálculo Valor presente = fluxo de caixa dividir por i = R$1,00 dividir por 10% = R$10

Dessa forma, o valor justo da ação da empresa seria R$ 10,00.

A outra situação é quando os dividendos distribuídos por uma empresa crescem a uma taxa constante ao longo dos anos. Essa taxa de crescimento é denominada como . Espera-se que, a maioria das empresas, consigam repassar os efeitos da inflação e ainda apresentem um crescimento real. Dessa forma, há uma maior verossimilhança ao aplicar um crescimento ao longo dos anos.

Vamos considerar que a mesma empresa utilizada na situação anterior apresenta um crescimento de 8% ao ano ao longo do tempo, mantendo as outras premissas utilizadas. A fórmula para calcular o seu valor presente é a demonstrada abaixo:

Cálculo Valor presente =fluxo de caixa (ano 1) dividir por (i - g) = R$1,00 dividir por (10% - 8%) = R$50

Desse modo, foi possível observar a considerável diferença que a introdução de um longo período de crescimento constante fez no preço justo encontrado para a empresa.

Conclusão

O modelo de dividendos descontados é um modo relativamente simples para realizar o valuation de uma empresa, mas que pode gerar valiosas informações em relação ao preço no qual a companhia está sendo negociada ao mercado.

Um modelo muito complexo não significa que é o melhor. O próprio Warren Buffett já disse que as melhores oportunidades são aquelas que você não tem que ir “na vírgula” para entender que o negócio é atrativo. A diferença entre preço e valor é tão significativa, com tanta margem de segurança, que uma mudança nas premissas ainda apresenta um enorme potencial de valorização.

Na próxima edição, apresentaremos outras maneiras de se aplicar o modelo de dividendos descontados, já que, na maioria das vezes, as empresas não apresentam dividendos iguais todos os anos ou uma taxa de crescimento constante.

Fonte: Valuation – Guia Fundamental e Modelagem em Excel. Ricardo Goulart Serra e Michael Wickert.

Relacionados

Guia da renda variável: tudo o que você precisa saber para investir!

Muitos investidores têm interesse em investir em renda variável, apesar do receio em relação aos riscos. Afinal, essa classe de investimentos [...]

Guide Investimentos - 15/09/2021

Como a tributação dos dividendos pode afetar os seus investimentos?

Os primeiros dias de setembro de 2021 foram marcados pela aprovação do texto base da reforma do Imposto de Renda na [...]

Syntax Finance - 14/09/2021

6 Informações que você precisa conhecer antes de começar a investir na bolsa!

Quem quer começar a investir na bolsa precisa conhecer diversas informações importantes. Afinal, fazer aportes sem entender esse mercado e o [...]

Guide Investimentos - 13/09/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções