EUA: vencedor da eleição tomará posse em ‘transição ordeira’ no país, diz senador

Tempo de leitura: 1 minuto

Líder da maioria republicana no Senado dos Estados Unidos, Mitch McConnell negou nesta quinta-feira (24) que possa haver problemas na transição de poder nos Estados Unidos, seja quem ganhar a disputa neste ano. “O vencedor da eleição de 3 de novembro tomará posse em 20 de janeiro. Haverá uma transição ordeira como tem sido a cada quatro anos desde 1792”, afirmou em breve mensagem no Twitter.

A declaração é feita um dia após o presidente Donald Trump, que tenta a reeleição, não se comprometer com uma transição pacífica de poder. Trump mencionou na quarta-feira problemas nas cédulas e tem criticado o voto por correio. O presidente afirmou acreditar que a eleição será decidida na Suprema Corte, por isso disse que é preciso confirmar logo no Senado um nome para o posto atualmente vago no principal tribunal do país. Trump disse anteriormente que divulgará no sábado o nome escolhido por ele para a Suprema Corte.

Relacionados

Ouro fecha em baixa, com rendimentos dos Treasuries e pressionado por dólar

O contrato mais líquido do ouro fechou em baixa nesta quinta-feira, em sessão focada nos movimentos dos juros dos Treasuries e [...]

Estadão - 22/04/2021

Fluxo cambial total no ano até 16 de abril é positivo em US$ 9,470 bi, diz BC

O fluxo cambial do ano até 16 de abril ficou positivo em US$ 9,470 bilhões, informou nesta quinta-feira, 22, o Banco [...]

Estadão - 22/04/2021

BC aprimora regulação de arranjos de pagamento

O Banco Central (BC) publicou nesta quinta-feira uma resolução com aprimoramentos na regulamentação de arranjos de pagamentos. De acordo com a [...]

Estadão - 22/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções