Johnson & Johnson começa a testar vacina contra covid em jovens de 12 a 17 anos

Tempo de leitura: 1 minuto

Johnson & Johnson (J&J) iniciou testes de sua vacina contra a covid-19 em jovens de 12 a 17 anos, no último esforço de tornar a imunização disponível para um público não adulto.

A empresa americana, que tem sede em New Brunswick (New Jersey) informou nesta sexta-feira que está ampliando um estudo iniciado em setembro com voluntários adultos para incluir cerca de 1.700 adolescentes na faixa de 12 a 17 anos. Os resultados do teste poderão ser anunciados no segundo semestre do ano, afirmou um porta-voz da J&J.

O grupo farmacêutico também planeja começar a testar os efeitos da vacina em mulheres grávidas.

As vacinas da J&J e da Moderna estão autorizadas para uso em adultos acima de 18 anos nos EUA e em alguns outros países. Um terceiro imunizante, da Pfizer com a BioNTech, está liberado para indivíduos de 16 anos ou mais.

Relacionados

Iraque: drone com explosivos ataca base aérea dos EUA; não há relatos de vítimas

Um drone com explosivos atacou uma base aérea dos Estados Unidos no norte do Iraque nesta quarta-feira, 14, no aeroporto de [...]

Estadão - 14/04/2021

OMC e OMS discutem compartilhamento de know-how e maior produção de vacinas

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, afirmou nesta quarta-feira, 14, que o mundo deve "explorar todas as [...]

Estadão - 14/04/2021

Painel do CDC adia voto sobre riscos de coágulo com uso vacina da J&J

Um painel consultivo federal se recusou nesta quarta-feira, 14, a votar sobre como a vacina contra a covid-19 da Johnson & [...]

Estadão - 14/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções