Cotações por TradingView

O que é a garantia de melhores esforços em um processo de IPO? Entenda!

Tempo de leitura: 8 minutos

O processo de IPO é realizado pelas empresas que desejam disponibilizar parte de seu capital social na forma de ações negociadas na bolsa de valores. Para que ele aconteça, é preciso que diversas etapas sejam cumpridas, conforme determinações da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Embora as regras sejam padronizadas, nem todo IPO é idêntico. Dependendo das necessidades da empresa que abrirá seu capital, instituições intermediárias podem ser escolhidas e oferecer diferentes níveis de garantia. Entre as possibilidades, está a garantia de melhores esforços.

Para quem investe ou especula, conhecer esses conceitos pode fazer a diferença no processo de tomada de decisão. Por isso, veja o que é esse tipo de garantia e entenda os impactos que ela gera!

O que você verá neste artigo:
O que é um processo de IPO?
Como funciona a oferta pública de ações?
O que é garantia de melhores esforços em um IPO?
Como funciona esse mecanismo?
Qual a importância da garantia de melhores esforços?
Quais são as outras garantias de um IPO?
Por que o investidor e o especulador precisam entender o tema?
Como aliar o tipo de garantia à sua tomada de decisão?

O que é um processo de IPO?

Sigla para initial public offering ou oferta pública inicial, o IPO corresponde à abertura de capital de uma empresa. A partir de sua realização, uma companhia passa a ter suas ações listadas na bolsa de valores e pode captar recursos por meio da venda desses papéis.

Esse é um dos processos importantes do mercado financeiro, já que traz novas oportunidades de investimento e permite que as empresas obtenham valores que serão usados em diversas atividades. A partir dessa etapa, o negócio passa a ser considerada de capital aberto.

Como funciona a oferta pública de ações?

Além de entender o que é, vale saber que um IPO ocorre em diversas etapas. A primeira delas é a realização de uma estruturação e a apresentação de documentos solicitados pela B3, a bolsa de valores brasileira.

É preciso garantir que o negócio atenda a determinados padrões, o que costuma levar à realização de auditorias sobre os balanços financeiros. Com a devida aprovação inicial, a empresa costuma fazer uma apresentação da oferta pública para investidores institucionais.

A intenção é identificar o interesse do mercado em relação ao investimento. Depois, a companhia anuncia publicamente a realização do IPO e dá início ao período de reserva. Nesse momento, os investidores que tiverem interesse informam quantas ações desejam adquirir.

Um dos próximos passos é o bookbuilding, que consiste na criação do preço do ativo. Ele depende da média que os investidores estão dispostos a pagar.

Se a demanda for maior que as ações disponíveis, pode haver um rateio de ações, em que os investidores podem comprar menos ações que o esperado. No momento da efetiva estreia na Bolsa de Valores, eles podem concluir a compra e se tornam acionistas da empresa.

O que é garantia de melhores esforços em um IPO?

Como você viu, o processo de IPO é repleto de etapas — e parte delas envolve um alto nível burocrático. Para simplificar o procedimento, as empresas podem contratar instituições financeiras que atuarão na subscrição dos papéis lançados.

Esses intermediários favorecem o lançamento de ações no mercado ao ajudar o negócio na oferta. Nesse tipo de acordo, são definidas garantias em relação a como o processo deve acontecer.

Uma delas é a garantia de melhores esforços. Assim como as outras, ela é ofertada à empresa que abrirá seu capital pelas instituições financeiras responsáveis por intermediar o processo na bolsa.

Ele também é conhecido como underwriting best efforts e prevê o compromisso a respeito da venda das ações acordadas. Porém, como você verá, essa não é uma alternativa tão procurada pelos negócios.

Como funciona esse mecanismo?

Pensando no funcionamento, a garantia de melhores esforços está voltada para o lançamento das ações no mercado. Nesse caso, a instituição intermediária se compromete a empregar todos os esforços possíveis para ofertar os papéis no mercado financeiro.

Contudo, não há garantias de subscrição a respeito do restante não vendido. Ou seja, pode acontecer de uma empresa não conseguir vender todas as ações lançadas em um processo de IPO.

Se houver a garantia de melhores esforços, a instituição intermediária fica isenta quanto a esse montante não negociado. Logo, não é obrigação dessa empresa arcar com os ativos que não tiverem sido vendidos.

Qual a importância da garantia de melhores esforços?

A garantia de melhores esforços pode ajudar empresas a terem a certeza de que a instituição intermediária atuará de maneira responsável e otimizada para oferecer as ações no mercado. Na prática, isso pode gerar mais resultados do que se o negócio realizasse o processo por conta própria.

Além disso, vale saber que a garantia é oferecida por uma subscritora ou underwriter. Com isso, a tendência é que o processo se torne menos burocrático, mediante o pagamento de um tipo de taxa para a instituição responsável.

Para a intermediária envolvida, esse tipo de garantia reduz consideravelmente os riscos, já que títulos não vendidos não precisarão ser subscritos.

Quais são as outras garantias de um IPO?

Ao mesmo tempo em que a garantia de melhores esforços favorece a abertura de capital, pode não ser o suficiente para a empresa que estreará na bolsa de valores. Afinal, o subscritor pode se eximir de responsabilidades quanto às ações não vendidas, o que poderia gerar prejuízos para a empresa.

Considerando que o processo de IPO tem diversas etapas e envolve custos elevados, a não comercialização de parte dos ativos pode fazer com que o processo não seja efetivamente atraente.

Por isso, existem outras garantias disponíveis. Há, por exemplo, a subscrição residual ou de stand by. Nesse tipo de garantia, cabe ao intermediário decidir se as ações que não foram vendidas devem ser subscritas ou se devolvidas para a empresa de capital aberto.

Logo, a garantia residual prevê uma união de esforços até determinado período. Além disso, há uma divisão de riscos entre as partes, o que pode ser mais vantajoso para o empreendimento que passa pela abertura de capital.

Já a garantia firme prevê a subscrição obrigatória de todos os ativos. Assim, a instituição intermediária se compromete a vender ou assumir todas as ações lançadas. Com isso, a companhia tem a certeza quanto ao recebimento de recursos, o que pode diminuir o risco de IPO.

O modelo de garantia firme transforma a empresa de subscrição em uma espécie de revendedora. Ela assume possíveis prejuízos por conta própria, sem poder devolver as ações já lançadas para a companhia emissora.

Por que o investidor e o especulador precisam entender o tema?

Conhecer os tipos de garantia do processo de IPO, como a garantia de melhores esforços, é essencial para quem opera na bolsa de valores. Isso é válido tanto para os investidores quanto para os especuladores que aproveitam oportunidades na abertura de capital.

O motivo é que o tipo de garantia apresentada pode trazer indícios a respeito da oferta e de suas características. Uma garantia firme, por exemplo, aponta que a instituição financeira acredita na solidez da oferta. Com isso, pode ser interessante participar da abertura.

Já em uma garantia de melhores esforços, pode ser que o preço-alvo para a primeira negociação seja mais baixo. Afinal, isso poderia aumentar o interesse de quem deseja lucrar com a valorização dos papéis na bolsa.

Com preços menores, alguns especuladores acreditam que as ações podem apresentar alta expressiva nos primeiros dias ou semanas. Para quem deseja lucrar com oscilações no curto prazo, pode ser uma alternativa.

Quem deseja investir no longo prazo também pode se beneficiar. Com a aquisição de papéis por um preço menor, a rentabilidade acumulada pode ser mais interessante. Mas isso demanda, claro, uma avaliação cuidadosa da empresa.

Convém destacar que nem sempre um IPO com garantia firme será bem-sucedido, da mesma forma que a garantia de melhores esforços pode não entregar a valorização esperada. Esses são apenas indícios em relação ao comportamento da companhia e da responsável pela subscrição.

Como aliar o tipo de garantia à sua tomada de decisão?

Embora conhecer a garantia de um processo de IPO seja importante, ela não é o único elemento para considerar. Afinal, apesar de o tipo de garantia trazer indícios sobre o ativo, não diz tudo o que é necessário para a tomada de decisão.

Isso serve tanto para o investimento em ações quanto para a especulação. No primeiro caso, é preciso fazer uma análise fundamentalista sobre a empresa e a oportunidade que ela representa ao longo do tempo.

No segundo caso, a análise técnica não é possível como acontece com ativos já lançados. Porém, vale considerar informações do mercado, projeções do segmento e dados sobre o interesse do mercado. Assim, é possível definir se um IPO representa uma oportunidade para especular.

Além disso, é necessário considerar sua tolerância ao risco — dada pelo perfil de investidor — e seus objetivos financeiros. Com base nisso, você pode traçar uma estratégia de investimentos e entender qual tipo de garantia faz mais sentido para o que espera alcançar.

Agora você sabe que a garantia de melhores esforços é uma das possibilidades para o processo de IPO. Porém, outros tipos também estão disponíveis vale a pena verificar essa informação. Afinal, ela pode antecipar características importantes a respeito da oferta pública.

Quer participar dos processos de IPO que acontecem na bolsa de valores? Abra sua conta na Guide Investimentos e conte com essa e outras alternativas!

Relacionados

Como economizar para gastar com consciência e começar a investir? 6 Passos definitivos!

Quem deseja começar a investir costuma enfrentar algumas dificuldades no início dessa jornada. A principal se relaciona com a capacidade de [...]

Guide Investimentos - 01/12/2021

Existe ETF de bitcoins? Conheça fundos de índice para investir em criptomoedas!

As criptomoedas vêm se destacando no mercado financeiro, atraindo a atenção de diversos investidores. Como consequência, é comum que novas alternativas [...]

Guide Investimentos - 26/11/2021

O que é RDB? Aprenda a investir nesse título!

A renda fixa oferece investimentos com diferentes características. Há, por exemplo, os títulos públicos, as aplicações privadas e, ainda, as alternativas [...]

Guide Investimentos - 24/11/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções