Fundos de Investimento: o que são e como funcionam?

Tempo de leitura: 4 minutos

Investir por meio de fundos de investimentos é uma boa estratégia para investidores que buscam uma exposição às diferentes classes de ativo, confiando seus recursos a uma gestão especializada.

Dessa maneira, não necessitam realizar todo o estudo e dedicação necessários para investir, principalmente em renda variável. Neste artigo, vamos detalhar mais essa opção do mercado financeiro.

Um fundo de investimento é, basicamente, uma comunhão de recursos financeiros de vários investidores, administrados por um gestor. Sendo assim, o gestor é uma das figuras mais importantes dessa modalidade, pois ele é o responsável por tomar as decisões de alocação do capital do fundo.

Os fundos são regulamentados pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários), autarquia reguladora do mercado de valores mobiliários. Além disso, todo fundo possui um regulamento próprio, que estabelece regras em relação aos ativos negociados, porcentagem permitida de alocação, entre outras informações de extrema importância, que serão tratadas nos próximos parágrafos. É essencial que o investidor leia cautelosamente o regulamento do fundo antes de realizar o investimento.

Cotas

Um fundo é dividido por meio de cotas. Digamos que um fundo possua um patrimônio líquido de R$ 1 milhão e 100.000 cotas. Ou seja, cada cota custa R$ 10. Outro ponto é que os investidores de um fundo são chamados de cotistas, claramente, pois são detentores de cotas do fundo.

Fundos abertos e fechados

Existe uma classificação primária dos fundos de investimento, que é o fundo ser aberto ou fechado.

Um fundo aberto é aquele em que os cotistas podem solicitar resgates do seu capital a qualquer momento. Além disso, novos investidores podem se tornar cotistas desse fundo. É válido ressaltar que o administrador do fundo pode suspender novas aplicações, sendo essa suspensão válida para novos e antigos cotistas. Geralmente, essa suspensão ocorre quando o patrimônio líquido do fundo está em um patamar que começa a dificultar a implementação da estratégia de investimento do gestor.

Já os fundos fechados são aqueles que as cotas são resgatadas apenas no final do período de duração do fundo. Assim, não permitem a entrada e saída de cotistas após o momento de captação de recursos. Entretanto, os fundos fechados podem possuir suas cotas negociadas no mercado secundário. É o que acontece com os fundos de investimento imobiliário (FII), nos quais os cotistas podem vender ou comprar cotas mesmo após o período de captação do fundo.

Taxas

As taxas são uma das questões a que o investidor deve prestar bastante atenção ao investir em um fundo. Geralmente existem dois tipos de taxa: a taxa de administração e a de performance.

A taxa de administração é cobrada ao cotista por, como o próprio nome sugere, o trabalho de administração, gestão do fundo de investimento. É obrigatório que os fundos divulguem suas taxas no regulamento. Como não existem limites de taxa, é muito importante que os investidores comparem as taxas entre os fundos de mesma natureza, para que façam uma alocação racional.

Já a taxa de performance é cobrada quando o fundo apresenta uma rentabilidade que supera o benchmark, um índice de referência. Fundos de investimento em ações, em sua maioria, utilizam o Ibovespa ou o IBX, como benchmark. Enquanto fundos multimercado costumam utilizar o CDI. Desse modo, é cobrada uma taxa de performance pelo que ultrapassa o índice de referência. Em fundos de investimento em ações (FIA), é comum a taxa de performance de 20% da rentabilidade acima do benchmark, com uma taxa de administração de 2% ao ano.

Tipos de fundo de investimento

De maneira geral, os fundos de investimento são classificados em quatro maneiras: fundo de Renda Fixa, fundo de Ações, fundo Cambial e fundo Multimercado. Claramente, essa classificação auxilia bastante a tomada de decisão por parte do investidor, pois ele poderá entender a natureza do fundo e se faz sentido investir naquele tipo, de acordo com sua tolerância ao risco.

Cada classificação de fundo de investimento possui uma restrição em relação à porcentagem dos recursos que devem ser investidas em uma respectiva classe de ativo. Por exemplo, fundos de investimento classificados como Renda Fixa devem possuir no mínimo 80% dos seus recursos investidos em produtos referenciados a taxa de juros, índice de preços ou ambos.

Conclusão

Os fundos de investimento são um ótimo veículo para os investidores que possuem interesse em diversificar sua carteira de investimentos. Assim, o capital do investidor será gerido por uma equipe de profissionais qualificada, que possui como função tomar as melhores decisões de acordo com o perfil do fundo.

Além de se atentar a todas as questões já citadas no texto, como taxas, classificação do fundo e estratégia de investimentos, é fundamental que o investidor procure saber o desempenho do fundo nos últimos anos. É válido ressaltar que os gráficos de rentabilidade do fundo apresentam as cotas líquidas de taxas.

O ideal é que a alocação seja feita em um fundo com alguns anos de existência, pois já terá sido testado em vários acontecimentos que estressaram o mercado financeiro. Além disso, é de suma importância procurar entender o passado do gestor e sua equipe, porque serão eles, em especial o gestor, que tomará as decisões. Dessa forma, é necessário que seja um gestor com experiência e execução comprovadas.

Relacionados

Rentabilidade do Tesouro Direto: você sabe como funciona?

Ao pesquisar ativos de renda fixa, é comum se deparar com as opções de títulos públicos. Contudo, surge a dúvida sobre [...]

Guide Investimentos - 21/01/2021

Mercado financeiro: o que é, como funciona e como investir?

Para quem já investe ou pretende começar a investir, saber o que é o mercado financeiro é essencial. Afinal, é nesse [...]

Guide Investimentos - 19/01/2021

Como e onde investir o seu dinheiro? Saiba aqui!

Cuidar bem das suas finanças envolve mais que o controle de despesas ou evitar as dívidas. Investir dinheiro também é importante [...]

Guide Investimentos - 15/01/2021

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções