CabeçalhoConteúdoNewsletterRodapé

Cotações por TradingView

Você sabe o que é estagflação? Conheça esse conceito e seus impactos!

14 de julho de 2022
Escrito por Guide Investimentos
Tempo de leitura: 6 min
Compartilhar
imagem ilustrativa
Tempo de leitura: 6 min

O cenário econômico, as políticas monetárias e a inflação são situações que afetam a vida de todos os brasileiros. Afinal, essas questões estão presentes quando você compra comida, faz viagens, investe ou utiliza seu dinheiro de qualquer forma.

Por isso, entender o que é estagflação, quando ela ocorre e quais são suas causas e efeitos é muito importante. Com esses conhecimentos, você poderá entender diversos cenários e saber como se proteger dele, sempre considerando as suas necessidades.

Quer saber mais sobre a estagflação e os seus principais efeitos? Então continue a leitura deste artigo!

O que é a estagflação?

A estagflação é uma palavra que deriva de dois outros termos: a inflação e a estagnação econômica. Dessa forma, ela diz respeito a situações em que, ao mesmo tempo, há uma alta da inflação e a estagnação da economia de um país ou região.

Portanto, para entender realmente a estagflação, você precisa saber o que é inflação e o que é estagnação. Desse modo, você poderá ter mais embasamento para compreender os cenários em que isso ocorre.

Confira!

Como ocorre a inflação?

A inflação é um conceito bastante presente na vida de todas as pessoas, mas que muitas vezes não é entendido plenamente. É comum pensar que ela se refere somente ao aumento do preço de produtos e serviços na economia de um país.

No entanto, a inflação não é um fenômeno isolado. O aumento de preço de um produto, por exemplo, pode ter diversas causas diferentes da inflação. Problemas no setor, aumento da demanda, crescimento do custo de produção e outras questões afetam essa cotação.

A inflação, na verdade, é um fenômeno macroeconômico e de grande proporção, observado na economia de forma multidimensional. Ela diz respeito ao aumento generalizado de preços, mas também tem relação com o acesso a crédito e a circulação de dinheiro.

Nesse sentido, costumeiramente, quanto mais dinheiro há em circulação, maior é a inflação. Isso acontece porque a população tem mais poder aquisitivo e pode adquirir diversos produtos e serviços.

O fato de haver mais dinheiro em circulação pode trazer um desequilíbrio na oferta e demanda de produtos e serviços. Como resultado, quanto maior é a demanda — presumindo-se uma oferta estável — maior será o preço dos produtos e serviços.

Logo, você pode entender a inflação como o resultado de políticas monetárias, situações econômicas e outros pontos que fazem o preço crescer de forma ordenada em um país.

O que é a estagnação econômica?

A estagnação econômica diz respeito a situações em que a economia de um país não consegue crescer de acordo com o potencial de produção e de mercado. Dessa maneira, ela tem relação com o Produto Interno Bruto (PIB) e com o nível de emprego de determinado país.

O PIB corresponde à soma dos bens e serviços finais produzidos e comercializados por uma nação em um período. No Brasil, ele é calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que também acompanha a inflação brasileira.

Com uma boa gestão governamental e cenários neutros, é esperado que uma nação aumente a sua produção interna e gere mais empregos por meio de seu desenvolvimento. Afinal, elementos como industrialização, produção de bens e serviços e ofertas de emprego tendem a crescer.

Mas, para isso, é necessário que um país tenha potencial de crescimento e boas políticas de Governo. Infelizmente, esse não é o cenário sempre. Muitas vezes, por questões internas ou pela situação econômica externa, os países podem enfrentar estagnação.

Quando ocorre a estagflação?

Se a inflação está aumentando e os preços de produtos e serviços estão subindo, significa que há mais dinheiro em circulação e alta na demanda. Por outro lado, se há estagnação, o país não está produzindo bens e serviços de acordo com sua capacidade, e a inflação tende a cair.

Mas nem sempre isso acontece. A estagflação é um cenário extremo e que ocorre devido a diversos fatores. O primeiro deles é a má gestão de políticas monetárias e fiscais. Por exemplo, quando o Governo não consegue adotar medidas adequadas para frear a inflação ou a estagnação.

A estagflação também pode surgir pela influência de cenários internacionais adversos. Isso porque, com a globalização, grande parte dos bens e serviços consumidos em um país é importada, o que acarreta a dependência em relação a situações de outros produtores internacionais.

Estamos vivendo em um momento de estagflação?

O cenário brasileiro em 2022 pode ser considerado de estagflação. É isso que dizem os principais analistas do mercado e os indicadores da economia do Brasil.

A inflação brasileira é a quarta maior do G20 — atrás apenas da Turquia, da Argentina e da Rússia. Esses são dados dos valores acumulados dos últimos 12 meses até abril de 2022.

Além disso, apesar de o PIB ter crescido nos últimos meses, ele ainda está aquém da capacidade de produção brasileira. Vale ressaltar que em 2020 e 2021 houve quedas consideráveis nesse indicador.

Já o desemprego também tem um alto índice em nosso país. De acordo com dados da Austin Rating, o Brasil será o 9º país com o pior desemprego no mundo até o final de 2022.

Então é possível dizer que há um cenário de estagflação em nosso país, por diversos motivos. Alguns deles são: a pandemia de coronavírus, a alta do preço do petróleo combinada com a política de preços adotada pelo Governo na Petrobras, as crises institucionais e outras situações.

Como se proteger da estagflação e inflação?

Para se proteger da estagflação ou mesmo da inflação é preciso adotar medidas de uso inteligente do seu dinheiro. Quem tem capacidade para investir, pode encontrar maneiras de acompanhar indicadores de inflação, como ao investir em títulos híbridos de renda fixa.

Afinal, eles tendem a acompanhar o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), medido oficial da inflação no Brasil, somado a uma taxa prefixada — como 5% ao ano. Assim, você consegue proteger o seu poder de compra. 

Ademais, sempre é importante seguir a estratégia de investimentos, de acordo com seu perfil e objetivos. Tenha em mente que cenários de estagflação costumam se diluir no longo prazo. Logo, é fundamental evitar decisões precipitadas ou que considerem apenas uma situação pontual, mantendo o foco na sua estratégia.

Conseguiu entender o que é estagflação e como se proteger desses cenários? Lembre-se de manter sua estratégia de aportes e focar no longo prazo, evitando que essas situações tragam prejuízos no seu patrimônio.

Quer aprender mais sobre economia e possibilidades de investimentos? Então assine O Guia Financeiro!

Guiar as pessoas para que o dinheiro não limite a vida. Este é o nosso propósito e o que acreditamos. Queremos eliminar as barreiras e limitações que impedem as pessoas de viverem sem ter que ficar só preocupadas com dinheiro. Aqui, no portal O Guia Financeiro, te auxiliamos e ensinamos diversas formas de alcançar a sua independência e sempre te lembramos de contar com os nossos Assessores-Guias com o objetivo de alcançar seus sonhos e objetivos.

Veja também