Cotações por TradingView

Entendendo melhor os fundos de investimentos em ações (FIA)

Tempo de leitura: 3 minutos

O entendimento de alguns conceitos pode fazer com que o investidor tome melhores decisões na escolha de um fundo de investimento em ações (FIA). Nos próximos parágrafos, vamos ressaltar pontos que muitas vezes ficam de fora da análise para esse tipo de escolha. Além do fator técnico, é preciso levar em conta o fator psicológico de quem investe nesses produtos. Com isso, o investidor poderá escolher um fundo de ações mais alinhado com seus objetivos.

Carteira do FIA

Ao analisar um FIA, um ponto essencial é entender quais são os instrumentos financeiros utilizados nele. Por exemplo, se utilizam derivativos ou qualquer forma de alavancagem. Pois, caso esses instrumentos sejam utilizados de maneira indevida, podem causar perdas severas para o fundo. Assim, é muito importante que se tenho uma devida atenção nesse ponto, na gestão de risco do fundo. Porque que as equipes de gestão do fundo sejam especializadas, já aconteceram casos de quebras de fundo de investimento. Ninguém consegue prever o mercado. Desse modo, sempre leia o regulamento do fundo antes de investir e dê preferência para fundos que não utilizem derivativos ou qualquer forma de alavancagem.

Atenção nas taxas

Também é muito importante entender quais são as taxas do fundo, outra informação que poderá ser lida no regulamento. Em geral, existem duas taxas: a de administração e a de performance. É interessante que seja feita a comparação das taxas com outros fundos com a mesma estratégia e classificação, para que não se invista em um fundo “caro”. Além disso, é necessário se atentar ao prazo de resgate, ou seja, a liquidez do fundo, e à aplicação inicial.

Qual é o objetivo do investidor?

O capital investido em um FIA não pode ser um capital que será necessário no curto prazo, para uma reforma na residência ou uma viagem no próximo ano, por exemplo. Isso porque o desempenho do fundo pode oscilar negativamente nesse período, além de que o alto período de resgate poderá atrapalhar o custeio das necessidades financeiras.

Aplicação Inicial

É essencial olhar a aplicação inicial do fundo, pois existem alguns com valores mais acessíveis e outros com valores mínimos na casa das dezenas de milhares de reais. Então, é necessário buscar algum que esteja de acordo com a realidade financeira do investidor, além de sempre se atentar para não concentrar muito a carteira em apenas um FIA.

Mentalidade

Após o investidor ter tomado todos esses cuidados na escolha do produto de investimento, algumas considerações são de grande importância para que ele obtenha a rentabilidade esperada ao investir em um FIA. 

Todos os pontos podem ter sido muito bem analisados, o fundo pode ser de acordo com o perfil do investidor, o gestor escolhido pode ser um dos melhores do mercado, e mesmo assim a escolha não ser a melhor possível. De nada adianta a análise correta se a mentalidade do investidor não estiver de acordo com o funcionamento do mercado acionário.

A bolsa de valores possui natureza cíclica. O mercado funciona em ciclos de alta e ciclos de baixa. Além disso, podem ocorrer várias quedas abruptas de mais de 20% mesmo em mercados em alta. Dessa maneira, ao investir em um FIA ou em qualquer produto de renda variável, deve-se esperar que rentabilidades negativas ocorram.

Conclusão

É muito importante entender as características técnicas de um FIA e como escolher um que seja apropriado para o seu perfil. Mas é preciso ficar atento que esses não são os únicos desafios. É preciso dar atenção à mentalidade do investidor, para não entrar em desespero e acabar realizando um prejuízo em momentos de queda. Normalmente, as quedas podem ser vistas como oportunidades. Ao longo da história, vemos que as dificuldades são vencidas e novos tempos de prosperidade e crescimento econômico aparecem.

Essa mesma lógica vale para os fundos de investimentos em ação. Desse modo, utilize ciclos de baixa do mercado para investir em bons negócios por preços atrativos. Acumule participações em empresas. Quando o mercado começar a entrar em um ciclo positivo, o esforço do investidor por passar por um momento desafiador será recompensado.

Relacionados

Como identificar um pullback ao fazer análise gráfica? 9 Dicas que podem ajudar!

Quem opera na bolsa de valores com foco na especulação deve conhecer fenômenos e movimentos que podem ajudar na tomada de [...]

Guide Investimentos - 02/12/2021

Existe ETF de bitcoins? Conheça fundos de índice para investir em criptomoedas!

As criptomoedas vêm se destacando no mercado financeiro, atraindo a atenção de diversos investidores. Como consequência, é comum que novas alternativas [...]

Guide Investimentos - 26/11/2021

Quanto vale cada ponto no mini dólar? Tire suas dúvidas!

Os minicontratos de dólar estão entre as alternativas mais procuradas por especuladores que buscam ganhos no curto ou curtíssimo prazo. Porém, [...]

Guide Investimentos - 25/11/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções