Conclusão de novos negócios depende do progresso da vacinação, diz Embraer

Tempo de leitura: 1 minuto

Embora a Embraer esteja otimista com a retomada do mercado, o presidente da companhia, Francisco Gomes Neto, afirmou nesta sexta-feira que novos contratos dependem da velocidade de vacinação ao redor do mundo.

“Estamos conversando com companhias aéreas, mas a conclusão dos contratos depende do progresso da vacinação nos países”, disse o executivo em teleconferência com analistas.

Ele pontuou que há discussões acerca da família E1 principalmente nos Estados Unidos e da família E2 em outros países.

Mais cedo, em teleconferência com jornalistas, executivos afirmaram que esperam uma retomada do mercado ainda no segundo semestre de 2021, e que a Embraer deve estar preparada para crescer em 2022.

Relacionados

Bolsas da Europa fecham em queda, com setores de energia e viagens

Os mercados acionários europeus recuaram nesta terça-feira. Após um início misto, os índices se firmaram no vermelho, aprofundando o movimento mais [...]

Estadão - 20/04/2021

J&J retomará fornecimento de vacinas contra covid-19 à UE após revisão da EMA

A Johnson & Johnson (J&J) anunciou nesta terça-feira (20) que retomará o fornecimento de vacinas contra a covid-19 para a União [...]

Estadão - 20/04/2021

País terá US$ 1 bilhão para digitalizar serviços

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aprovou uma linha de crédito de US$ 1 bilhão para financiar projetos que melhorem a [...]

Estadão - 20/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções